terça-feira, março 29, 2016

Pela primeira vez, em pelo menos 30 anos, o Partido Me Dei Bem será o protagonista na condução das coisas do governo.

Não esqueçam que o Partido MDei Bem é um ajuntamento de espertalhões, cada um olhando para seu umbigo. Não existe um partido, existem vários, cada um com sua agenda própria. O desembarque  em bloco só é possível pois o nível de toupeirice da jumanta dilef e seus asseclas é tamanho, que secaram todas as fontes de financiamento. Sem contar, é claro, com a magistral condução da Lava Jato, que só posso entender como justiça divina, pelo juiz Sérgio Moro.

Ainda tem muita água para rolar. Até onde parece, diferentemente do (des)governo, não há o toma lá dá cá escroto e inoportuno, que é o modo que o PT acredita ser articulação política. Se os nomes do primeiro escalão forem críveis e houver realmente o enxugamento da máquina pública, com a demissão dos trocentos mil aspones e não os funcionários concursados, então há luz no fim do túnel.

Partido MDei Bem irá finalmente sair das sombras e dos buracos fedorentos que habita e, quem diriam, pelo motivo, esse sim intrigante, desse hábito perversamente suspeito de governar pelas costas.

A conferir.

sábado, março 26, 2016

Procuro sempre, em meus escritos, apresentar uma visão pessoal do que leio alhures. POr ossos do ofício aprendi a ler nas entrelinhas e evitar o achismo. Por isso, por exemplo, que não fico reproduzindo pareceres de juristas renomados.

Mas hoje vou sair um pouco dessa linha e raciocinar seguindo 4 textos/vídeos que chegaram às minhas mãos.

O primeiro é a sensacional comparação entre o antigo lindinho farias ou, como é conhecido atualmente, o Lindberg Farias. O vídeo compara suas declarações enquanto presidente da UNE, que dispensa comentários. O vídeo pode ser visto aqui.

O segundo fato é a bizarra manifestação de mulheres da ONU. Não sei exatamente que que é isso, companheiros e companheiras, mas a declaração procura desqualificar o processo do impeachment se escondendo atrás de uma suposta manobra misógina. Bom, é inacreditável que tenha gente que seja contra um processo, que faz parte de um estado democrático, diante de tantas provas. Se ainda fosse uma discussão sobre modelo econômico ou política social, beleza. mas trata-se de achar que existem opiniões sobre crimes comprovados. O Tunico Bauer (aqui) relacionou os crimes cometidos pela sujeita. A isto É Independente (aqui). A jumanta dilsef não é incompetente por ser mulher, é incompetente por ser incompetente. Simples assim.

Outra leitura interessante é uma passagem de uma entrevista que o Fernando Gabeira deu à Isto É. Lá ele opina que a capacidade do molusco eneadácilo de articulação é superestimada e só existiu porque tinha algo para dar em troca (aqui). Como eu comentei em algum lugar, o "capital político" do cachaceiro da silva acabou quando seus amigos foram em cana. Mas nem todos, cabe descobrir que amigo está pagando a banca de advogados.

O jornalista Ruy Fabiano, publicando no blog do Noblat (aqui), explica cabalmente porque vivemos uma crise educacional. Vale a leitura.

E, por último, a cereja do bolo. A vaia recebida pela diretoria do sindicato dos metalúrgicos do ABC na quarta-feira, em uma assembleia na Volkswagen, que ao invés de tratar dos direitos do trabalhador ou mostrar que estão trabalhando para evitar mais desemprego no setor, era para fazer proselitismo em prol da jumanta e do molusco. Chegou a mim pela Saramar Mendes e era uma página, pasmem companheiros e companheiras, do PSTU. (aqui).

Em resumo, aos que ainda acreditam nesse (des)governo espero que terminem a semana com os ovos enfiados em seus orifícios retrofuriculares.

O mito acabou, sobraram os monstros.

#tchauquerida #tchauquerido #NãoVaiTerMaisMortadela #dilmavtnc

quinta-feira, março 17, 2016

São quase onze anos na batalha. Apontando, a cada cagada, os deslizes e as sacanagens engendradas pela cambada de amadores que se aboletou no planalto.

A primariedade sempre se evidenciou na prática do lulo-petismo. A forma absolutamente amadora que foram pegos no mensalão deveria ter alertado. Tentaram, com certo sucesso, emparedar o poder judiciário, mas a lealdade canina, que certos apadrinhados petistas possuem, não se espalha pelo resto. A própria base aliada, sanguessugas questão, perceberam que dessa teta não sai mais leite, e debandam. Ouvir hoje que o PP, o partido com mais enrolados em falcatruas e liderado pelo ícone procurado pela justiça, se movimentou pelo desembarque foi a cereja do bolo.

A manobra absolutamente cretina da jumanta dilsef em transferir o molusco cachaceiro para o cargo de primeiro-ministro coroou todo o processo cloacal. Ela podia ter simplesmente ignorado o sujeito e deixado-o se foder, mas quis ser mais uma amiga e ...

Nem tenho como resgatar toda a história desse blog. Mas tenho boas lembranças.

Muito bem, estamos vivendo a história. #tchauquerida


sexta-feira, março 04, 2016

Aos meus amigos e inimigos petistas uma pergunta: Você chega em casa e sua mulher, ou marido, está na cama com 4 exemplares magníficos de jovens espadaúdos e bem dotados, um afrodescendente, um indígena, um caucasiano e um asiático. Você diz:

a) Não é ela(e), tem as mesmas tatuagens mas não é ela(e);
b) É ela mas não tem nada demais fazer um trabalho em prol do social;
c) Não tem nada demais, inclusive também participei e eles me enrabaram primeiro.

Não são todas as opções mas, para petistas engajados e lobotomizados, são as que seriam mais óbvias ululantes.

É mais ou menos assim que dá a impressão que funciona a cabeça de camarão da petezada, nas declarações que leio por aí a respeito da santidade do molusco cefalópode cachaceiro da silva.

Enfim. Hoje é um dia histórico, não pela prisão do molusco, que ainda não aconteceu, mas pelo significado que é a prisão de um nababo, rico pra caralho e asquerosamente cínico. Não houve manobra que não foi tentada, mas eles não contavam com a determinação e astúcia de um grupo dedicado de servidores públicos, que mandaram os conluios e armações para a PQP.

A rede arrebentou, as baratas estão voando, entre elas todos os jornalistas safados que se locupletaram ao longo dos últimos 12 anos.

Só falta agora a queda da presidente, que de presidente só tem o nome do cargo. O país está numa merda de dar dó.

E também faltam os outros trocentos políticos pilantras.

Agora é conferir e comemorar.

#lulanacadeia

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics