quarta-feira, setembro 10, 2014

O Brasil é um país laico. Mas não se pode dissociar da do indivíduo sua formação religiosa, qualquer que seja ela. Então, aos esquerdas festiva, parem de gritar que o Brasil é um país laico e usem sua energia para criar um país que consiga equilibrar todas as correntes de pensamento. Ou então vão fazer alguma porra de útil.

Não estamos em 2002, argumentos que tenho lido alhures me remetem às eleições daquele ano. O lulismo está no poder há 12 anos, tempo suficiente pra fazer muita mudança, muita cagada e roubar muita grana.

Não sou aecista nem marinista. E obviamente não sou petista. O messiânico lula acabou com a ideia de um país socialmente justo.

Todo político é venal, se elege e depois vende seu voto para qualquer um que pague bem.

Todo político é ladrão, se elege para se aproveitar do cargo para criar esquemas novos ou continuar com esquemas antigos em prol de um grupo.

Todo político é omisso, pois sabe dessa porra toda e não faz absolutamente nada sério. Apontam vagamente um desvio mas não se empenham em foder com o esquema. Foi mal aí peixe.

Todo político é tapado, pois se não sabe de nada é a única explicação.

A palavra de um político vale o mesmo que um peido de frango. A de uma presidanta ainda tem desconto e vai sem pele e sem osso.


Até breve.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics