terça-feira, setembro 03, 2013

Eu quero que um míssil, portando armas químicas, se desvie do seu alvo, na Síria, e acerte bem em cima do congre$$o nacional.

Me intriga, entre tantos quereres que vejo por aí, que tenha gente querendo a volta dos militares ao poder. Primeiro que os próprios militares não tem o menor interesse de pegar essa bucha. Segundo que o "timing" de golpes militares, na América Latrina, já passou há muito. Mas o ponto que me chama a atenção é o esquecimento.

Esquecem-se, aqueles que acreditam nos militares, que seus governos eram íntegros ou éticos ou o caralho do bem que fosse. Uma miríade de escândalos ocorreram naquela época. O milagre brasileiro encheu as burras de alguns políticos civis que estão até hoje assombrando o país. A crise que veio com o segundo choque do petróleo também, se fuçarem a maxi de 1983 vão entender o que digo.

Em resumo, o que temos no país é uma casta política avacalhada, debochada e venal. Nada que saia de qualquer poder presta. Leiam as entrelinhas antes de saírem defendendo um ou outro lado. Direita e esquerda, burguesia e proletariado, são termos tão cretinos que chegam a ser risíveis.

Acreditem, eles só tem um e não é o nosso.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics