sexta-feira, abril 19, 2013

"A mobilidade urbana como fator desagregador social e familiar", do MsC, MD, PG/FU Sir Ernest Shackleton. (Unknown Editors, 345 páginas)

Após 35 anos de pesquisas, o grande cientista e explorador Sir Ernest Shackleton publica seu mais novo livro. Após intensa pesquisa, com mais de 13.456 entrevistados em 35 países, ele revela fatores pertubadores relacionados com o caos na mobilidade urbana. Três ou quatro horas diárias literalmente travado no trânsito são retirados, diariamente, de pais e mães de família que assim não conseguem dar a necessária atenção aos filhos, esposas e maridos, fragilizando os elos e afetando o futuro de milhões de pessoas. Por outro lado, fortes relações de amizade, consolidadas ao longo de décadas são eprdidas por absoluta falta de tempo. "A mobilidade urbana afeta diretamente o grupo social, restringindo o relacionamento a grupos do trabalho e/ou academia. Além disso, utiliza-se mais e mais o 'happy hour' como pausa no caminho transformando pessoas afáveis em alcoólicos inveterados. Relato, em meu livro, casos impressionantes", declarou.

Imperdível.




Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics