sexta-feira, julho 22, 2011

Mais uma evidência evidente de que a casta político-judiciária-executiva, que está encastelada no "pudê", pensa que só existem eles nessas plagas.

O ministro Toffoli viajou, particularmente e, supostamente, à expensas próprias, como convidado do casamento de um "adevogado", que é o defensor em duas causas em que o ministro é relator. Não é estranho?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics