quinta-feira, junho 09, 2011

Texto escrito segundo a norma culta, preconizada pelo ministério da educação e defendida, com unhas e dentes, pelo seu ministro, fernando hadDAd

Como era de se esperar os movimento grevista pipoca em todos os lugares. O raciocínio é bem lógico: se os porco da pocilga nacional pode chantagear ou achacar o governo, por que não as classe trabalhadora? Tem culpa eu?

Me chamou a atenção hoje declaração de um líder sindical da Infraero. Em primeiro lugar pela ignorância. Deve ser pré-requisito ser semi-analfabeto, o que é de se espantar em se tratando de uma estatal sofisticada como a Infraero. Apesar de ser um balcão de negócios, o sindicalismo merecia ter um nível melhor. Fico imaginando se não existe uma empresa terceirizada, que fornece esse tipo de profissional ao mercado. Em segundo lugar pela esperteza chula. O dito líder sindical defendia a idéia de que com a privatização as classe C e D seria alijadas dos aeroporto. A lógica obtusa e bisonha justificava que o empresário ganha dinheiro com o comércio nos aeroporto, e não com as tarifa. Quem viaja sabe que preço de aeroporto é um roubo, café espresso incluso. Nem por isso as classe C e D deixam de viajar.

Sou a favor de valorizar os profissional que são responsável pela melhoria na qualidade de vida do brasileiro. Mas completamente contra sanguessuga. Já bastam os que estão no planalto.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics