sexta-feira, outubro 29, 2010

No Brasil, a putaria está em alta. Não bastasse nosso congre$$o nacional e o $enado federal fazerem as honras e serem a locomotiva dos desvios e maracutais com nosso imposto, o povão, esta entidade metafísica cortejada nas eleições mas esquecida no dia seguinte à vitória, também se mexe para ter seus direitos garantidos.

Foi pensando nisso que alguns espertalhões resolveram transformar o manual profissionalizante, ditado à um ghost-writer pela Bruna Putistinha©, em filme. E, sabe-se lá a troco do quê, descolaram uma graninha (quase R$ 4 milhões) via Lei Rouanet, para a produção. Sexo promíscuo e pago é cultura.

O que deverá ser mostrado no filme com a Déborah Secco? Nada, o selo pornô Brasileirinhas já produziu um filme bem mais didático e totalmente aderente ao manual, sem subsídio fiscal.

Mas o tom bizarro fica por conta da atriz protagonista, que declarou: "Há personagens que mudam a vida de uma atriz. E esse personagem mudou minha vida". (meus advogados me impediram de publicar a conclusão a que cheguei). Ela também se emocionou ao ver trailer pela primeira vez. Se você vai ver um filme de putaria medonha e sai emocionado, tem alguma coisa errada.

O timing do lançamento aparentemente é perfeito. Existe um projeto para o tal bolsa-cultura no forno. Imaginem onde a rapaziada vai gastar a grana do nosso imposto?

E disso ninguém reclama.

quinta-feira, outubro 28, 2010

A sucessão de notícias escandalosas envolvendo a marionete é impressionante.

A última, diz que "à frente da Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul, Dilma Rousseff (PT) e seu braço direito no setor elétrico, Valter Cardeal, hoje diretor da Eletrobras, participaram da criação de usina a gás que nunca saiu do papel e gerou prejuízo para a CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica).", (fonte Folha Online AQUI)

Realmente o Noblat tem razão, quem está exultando com o bombardeio é o Partido Me Dei Bem.

quarta-feira, outubro 27, 2010

Serra seguiu o mesmo caminho que a diulma, prometeu aos evangélicos, de forma tortuosa e dúbia, que vetará a lei contra homofobia, alegando que "como está passa a perseguir igrejas que têm posições a respeito do homossexualismo, de que deve ser evitado, enfim, da pregação de seus fiéis" (fonte Terra AQUI).

Sinceramente não entendi. Uma coisa é dizer que homosexualismo é coisa do demônio e contra as leis divinas (seja lá que deus di-vi-no que tenha dito isso). Outra bem diferente é o fiel, que ouve essa baboseira de seu pastor oportunista preferido, sair metendo bala em gays, lésbicas e simpatizantes. Em outras palavras, um sujeito poderia alegar que matou um gay por que Deus onipotente, em sua onsiciente sabedoria, quer?

Se para ganhar uma eleição tem que se abraçar com o diabo, sou contra. É isso que me faz diferente de muitos petistas.

Belo tiro no pé, "seo" serra.

terça-feira, outubro 26, 2010

Do blog do Noblat: O PMDB está feliz da vida. Quanto mais bombardeada Dilma se eleger, mais precisará dele para governar.


E também: 'Sou Ari Pargendler, presidente do STJ. Você está demitido'

segunda-feira, outubro 25, 2010

Hoje, e não antes do 1º turno, a marionete-mor liberou a milésima versão do programa de governo que pretende implantar caso seja a vencedora do pleito eleitoreiro. Parece-me que esta versão é agora a definitiva. São 13 ações genéricas e obtusas, bem de acordo com a "intelligentzia" que a apóia. Em resumo, um trabalho de PIMBA's, que não diz nada com porra nenhuma.

Deve ter sido uma tarefa hérculea e exaustiva convencer tantas vertentes da petezada, ávidas em mamar na teta governamental e/ou transformar o Brasil numa filial da venezuela, que o úbere palaciano só comporta 5 de cada vez.

Para o eleitor do PT, tanto faz. Eles não o teriam lido, mesmo que a marionete não tivesse divulgado seus "13 passos para a felicidade bolivariana" antes do 1º turno. Com certeza não o farão agora.

Em tempo: Não sou eleitor do DEM ou do PSDB. Sou contra o PT porque eles não seguiram a cartilha que professaram em prol de pragmatismos obscuros. Porque se aliaram com o que há de pior na política nacional em nome de uma governabilidade intangível. Porque roubam descaradamente, e da forma mais burra e debochada possível, e dão chave de galão para não ir em cana. Porque querem transformar isso aqui numa CUBA ao invés de transformar isso aqui numa Alemanha. Porque o Lula, espertamente, armou essa de eleger a diulma para poder voltar em 2014 e governar por mais 8 anos, e sua camarilha continuar mamando.


Baleia encalha na praia de Geribá, em Búzios, litoral do Rio de Janeiro

sábado, outubro 23, 2010

Nenhuma eleição é ideológica. Em nenhum país. Trata-se apenas de uma disputa pelo butim. Quem ganha tem o direito democrático de desviar o quanto puder. Quem perde ganhará menos. Somente retardados, ignorantes, desinformados, conformados e obtusos acreditam que políticos se matam pelo bem do país.

Cena: A mulher em casa, preocupada, com as contas a pagar sobre a mesa. O marido chega (ou cacho ou amante ou qualquer que seja a porra de relacionamento que tenha) e diz:
- Mulher, fiz um esquema e vou conseguir desviar uma grana, uns R$ 100 mil, da empresa sem que o patrão saiba.

Marque as alternativas abaixo:

a) Adorei!! Mas não dá para conseguir mais?
b) Meu amor, que bom, vou poder dormir tranquila, vamos poder pagar as contas e ficar melhor do que estávamos.
c) Enlouqueceu, seu merda, como vou dormir a noite sabendo que podemos ser presos a qualquer momento?

Se marcou (a) Você é petista militante e está dentro da bocada. Se marcou (b) você é um eleitor do PT. Se marcou (c) você é como eu, nem tudo tem um preço.

sexta-feira, outubro 22, 2010


Espanha inaugura megabordel.

É o segundo maior do mundo, só perde para o que está localizado ao final da esplanada dos ministérios, em Brasília.

Viva o Brasil!!!

sábado, outubro 16, 2010

Lula, em sua sapiencial esperteza chula, declarou que "os ricos tem preconceito e medo da diulma" (fonte Folha).

Eu ouvi esse discurso por vários anos. Mas cabe perguntar: De que ricos o lula está falando? Só se forem os ricos que NÃO estão mamando na teta petista, se é que tem algum. Se me recordo bem até os banqueiros vão indo muito bem obrigado na era lula**. Empreiteiros deitam e rolam. Até siris cozidos estão de vento em popa.

Em tempo: O banco alemão KfW envolve Valter Cardeal, homem de confiança de Dilma Rousseff, na história de uma fraude de € 157 milhões. Íntegra AQUI.

** O lucro líquido dos três maiores grupos financeiros do País (Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco), que respondem hoje por quase 80% do mercado, saltou quase 420% entre os oito anos do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e os sete anos e meio da gestão Lula (de 2003 até o primeiro semestre de 2010).

sexta-feira, outubro 15, 2010

Leio agora a tal "carta de intenções", chamada de carta contra calúnias, que a candidata-marionete assinou e divulgou. Íntegra AQUI.

Nosso comentarista político, Glênio Gangorra, traduz:

PNDH3 - Não promoverá qualquer coisa que afronte a família, porém, qualquer coisa que o governo queira que signifiquem direitos humanos e que sirva como desculpas para revisar todas as leis, censurar toda a mídia, confiscar a propriedade privada e abolir a liberdade de expressão, é permitido e está valendo.

PLC 122 - É o projeto de lei que torna crime a discriminação contra idosos, deficientes e homossexuais. Ela pretende sancionar desde que não violem liberdades de crença, culto e expressão (garantidas pela constituição) e demais garantias constitucionais individuais existentes no Brasil. Salvo muito engano da minha parte este projeto foi aprovado pelo $enado mas ainda não foi sancionado pelo lula. E isso está rolando desde 2006.

Aborto - Ela é contra o aborto, lá pelas razões dela. E defende (uma palavra dúbia) a atual legislação que rege a matéria. Na verdade o aborto ser tratado nesse âmbito caracteriza mais uma aberração, na verdade uma armadilha pregada pelos ministros de cristo (esse coitado que deve se revolver na tumba cada vez que um pastor grita aleluia, Jesus, amém, dai-me o dízimo e rápido), em que essa disputa eleitoreira se tornou.

TCR - Ela tira o cu da reta quando se exime de propor alterações que tratem do aborto (acima), e outros temas concernentes à família e religião. Eximir é o verbo errado, considerando que quem propõem as besteiras que se tornam leis são nossos nobre$ congre$$i$ta$.

No fundo no fundo, ela falou falou e não disse muita coisa. Mas fico curioso em saber o que ela entende por "família".

Com a palavra os ativistas GLST e os éticos ministros de Cristo, esse coitado.

quinta-feira, outubro 14, 2010

O Brasil é um país laico, está na carta magna. O Brasil caminhou ao encontro a alguns direitos básicos e reconheceu outros.

O que os evangélicos exigiram da diulma, apoiada por lula, em uma reunião suspeita, é uma bizarrice sem precedentes. No mínimo demonstra a que ponto lula pode chegar para eleger seu fantoche.

Não é possível que o PT e seus aliados deixem isso passar. Será possível que não tenha ninguém, naquele ajuntamento de bandidos, que não perceba que a descriminalização do aborto é urgente, e muito menos que não existam gays e lésbicas em suas fileiras que não saibam que serão caçados como ratos se homofobia não for considerado crime?

Espero, caso esta carta aberta seja mesmo publicada, que o PT faça como sempre, não valha o que está escrito. Caso contrário, qual será o próximo passo? Perseguição religiosa?

terça-feira, outubro 12, 2010

Vou reproduzir a notícia que li no "O Estadão", esse malvado membro da mídia golpista, na íntegra pois fica mais fácil. O que me deixa puto é que o sujeito publicou uma nota de esclarecimento pública na revista Exame...

"O economista e ex-diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP) David Zylbersztajn divulgou nesta terça-feira uma nota de "esclarecimento público" sobre as afirmações da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, na noite de domingo, no primeiro debate do segundo turno da campanha eleitoral promovido pela TV Bandeirantes.

Dilma levantou a suspeita de que o candidato adversário, o tucano José Serra, queria "privatizar o pré-sal". Ela citou declarações de Zylbersztajn feitas durante seminário da revista Exame, no Rio, em setembro passado. A seguir, a nota do economista:

ESCLARECIMENTO PÚBLICO

"Durante o debate da Rede Bandeirantes, ocorrido no último domingo, dia 10, a candidata do Partido dos Trabalhadores, sra. Dilma Rousseff referiu-se a mim de forma inverídica e tendenciosa, induzindo, deliberadamente, o eleitor ao erro.

A mesma afirmação tem sido repetida nos programas eleitorais.

Em primeiro lugar refere-se a mim como assessor do candidato do PSDB, José Serra. Devo esclarecer que não sou, nem nunca fui assessor do candidato.

Mais grave, afirma que declarei ser a favor da privatização do pré-sal ! A candidata (ou quem a assessora) delira, talvez motivada por assombrações que lhe assomam, vendo uma privatização a cada esquina.

As declarações recentes sobre o assunto (e que encontram-se devidamente registradas em áudio e vídeo) foram dadas em seminário realizado pela Revista EXAME, no Rio de Janeiro, há cerca de uma semana.

Na qualidade de expositor, defendi a manutenção do atual sistema de concessões também para as futuras licitações, sejam elas no pré-sal, ou fora dele.

As áreas do pré-sal, contém, como seria de se esperar, petróleo e gás, os mesmos existentes nas áreas fora do pré-sal.

O modelo de partilha proposto, na minha opinião, é danoso aos interesses do país, por motivos diversos, que não cabem explicar em detalhes neste momento.

O pior deles refere-se à criação de uma estatal para comprar e vender petróleo. Além do mais, a proposta é danosa à Petrobras, que, queira ou não, será obrigada a participar de todos os campos do pré-sal, seja isto de seu interesse, ou não.

Por fim, nunca é demais lembrar que o exitoso modelo de concessões foi implantado a partir da Lei do Petróleo, a partir de 1999. Durante o governo FHC foram realizados 4 leilões sob este regime (num dos quais foram licitadas as áreas do pré-sal). No governo do PT foram 6. Ou seja, se este é um modelo privatizante, foi aplicado de forma bem sucedida e permanente pelo governo do qual fazia parte a candidata Dilma, inclusive na qualidade de Ministra de Minas e Energia.

Por fim, este episódio faz-me lembrar de um trecho da introdução do "Crime do Padre Amaro", de Eça de Queirós, onde para uma situação semelhante, o autor afirmava tratar-se de "má fé cínica ou obtusidade córnea". Neste caso, suponho tratar-se de ambas.

Esta é a verdade.

David Zylbersztajn "

Fonte, O Estadão. Ver AQUI.

segunda-feira, outubro 11, 2010

Estou surpreso que ainda tem gente que julgue que a disputa eleitoral, em curso, é ideológica. Só se a marca do banco onde se depositará o butim for uma entidade abstrata. O que está em jogo é: "Quem irá encher o rabo de dinheiro, mais rápido e de forma menos dolorosa para o contribuinte".

No quesito menos doloroso o PSDB, este partido anêmico e covarde, cujo único repre$entante que parece ter culhões é um mineiro, o que é bizarro, ganharia fácil. Eles são adeptos do "o que os olhos não vêm o coração nem o bolso sentem". São experts, ou pelo menos seus aliados o são, com mais de 200 anos de putarias e sacanagens nas costas. Já o PT é neófito. Eles querem é que se fodam todos, vão mamar e pronto. Sim, trouxeram mais gente da miséria para as classes consumidoras, são novos consumidores de produtos e serviços, que pagam impostos e assim aumentam o quinhão do governo. Só que este quinhão é direcionado aos desvios e maracutaias engendrados por lunáticos do partido e aliados nem tanto. Sem contar que colocaram, em cargos de confiança, uma pelegada que putaqueopariu. Mesmo que Serra ganhe, vai doer.

Nem dirceus da vida estão ness apor ideologia. Se fosse ideológico ele estaria no PSOL. Quer é o PhODER, esse néctar dos deuses dos infernos. E poder, meus caros leitores, é grana, muita grana.

Todos, sem exceção, roubam ou se omitem perante o roubo. O PT só faz de forma amadora e debochada, e ainda sai gritando pela esplanada dos ministérios "Alguém peidei, não sei quem fui!!!".

quinta-feira, outubro 07, 2010

Liberdade. franklin marins está na Europa. A Europa deve ser muito legal, pois é o destino de 10 em 10 governistas quando não estão em CUba. Sua missão é colher informações e experiências para o ante-projeto de regulação da mídia. "Ele afirma que é "ideologização" dizer que a proposta de regulação da mídia é um atentado à liberdade de imprensa. "Neste governo, publica-se o que quiser. A imprensa é livre, o que não quer dizer que é boa", afirmou em Londres"(fonte O Estadão). Estou tentando imaginar o que regulação significa no dicionário petista.

Bocão ou bocada. "Marina ataca apetite da direção do PV por cargos". Enquanto Marina quer mudar a forma de se fazer política e negociar alianças, seus correligionários querem cair de boca no que oferecerem. Nada como vegetarianos, famélicos e ávidos, para enlouquecerem diante de uma orgia gastronômica.

Aborto. Na minha opinião, humilde, discutir que posição, fetal ou sentado, o candidato tem em relação ao aborto é uma idiotice. Não deveria ser o fórum em absoluto. Os evangélicos e católicos histriônicos estão é usando o assunto para vender apoio, nada mais. Esse debate tem que rolar é na pocilga, que como puteiro-mor tem vasta experiência no ramo, e se espera que nossos nobre$ repre$entante$ resolvam este item, como também as leis eleitoreira e tributária.

segunda-feira, outubro 04, 2010

Volta e meia tenho que ser lembrado da existência desse ser a quem deram, no bom sentido, o título de "mago", o tal de Paulo Coelho, ou Coelha, dependendo da orientação de quem olha. Considerando que ele transforma merda em dinheiro, tenho que concordar.

O que me chamou a atenção é que ele acredita piamente que seus críticos e o invejam, "Eles queriam ser Paulo Coelho", declarou em heróico brado retumbante. Quando se chega onde chegou é de se esperar que seja egomaníaco, egocêntrico ou o que quer que seja. Mas será que um crítico, e incluo a mim mesmo nesse rol, apesar de não ser literato e NUNCA ter lido mais que uma página das baboseiras que escreve, realmente o invejam? Ou apenas vêem, por trás das brumas de avalon, o embusteiro que ele é, despejando baboseiras pseudo-esotéricas nos ouvidos e olhos dos incautos e ingênuos? Vou um pouco além, um cara que confessou que entubou uma brachola 3 vezes, para ver se gostava ou não de sentir bafo na nuca e morder travesseiro, dizer que não é gay, faz favor. (antes que os patrulheiros de plantão me encham o saco, não sou homofóbico e acredito que a opção sexual de cada um é opção de cada um, doa o rabo onde doer, o ponto aqui é a bizarrice dos extensos e profundos testes que ele fez)

Como todos sabem criei um personagem, o mago esotérico-oportunista Heitor Caolho, fundador e presidente perpétuo da Hector Herreeye Foundation, que com seus conselhos dicotômicos me provou que a cada dia encontramos otários dispostos a se embebedarem com o uísque paraguaio que ofertamos. Só para terem uma idéia, mais de 20 pessoas achavam que ele era real, até que eu, por caridade, contei a verdade (sim, eu vou pro céu, um dia, espero).

Um povo que elege o Tiririca, o garotinho, o crivella, o romário, o bebeto e mais uma miríade de personalidades para atuarem como seus repre$entante$, compra qualquer porcaria. O seu sucesso, "seo" Coelha, não advém de sua cultura, sua liderança e sua vivência. Vem da estupidez humana, que sempre precisará de ídolos, mesmo os falsos.

sexta-feira, outubro 01, 2010

Continuo não entendendo o motivo que um sujeito, que espancou a ex-mulher e, supostamente espancou outra, continua muito bem obrigado na corrida pelo $enado. O pior que netinho, o sujeito, se arroga o direito de apontar o dedo contra a mídia golpista, essa malvada e culpada de todas as falcatruas e maracutaias que assolam a classe política e a classe de acesso, e dizer-se um "perseguido".

Quais são as mentiras apontadas por esse segmento incompreendido, pelos poderosos e aspirantes, chamado imprensa? Que elite é essa que trama tão urdida conspiração contra ele? A elite que não bate?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics