terça-feira, agosto 31, 2010

Fidel, este prócer da revolução cubana, ídolo de 10 em cada 10 bolivarianos loucos e ensandecidos, assumiu a culpa pela perseguição aos homossexuais em Cuba. "Estaba pensando en otra parte. Tenía que poner fin a la democracia en Cuba, huyendo de los ataques y golpes, no podía molestarse con media docena de una gacela que no estaban dentro de las normas de los revolucionarios que seguían. Tengo la culpa?", confidenciou irado o líder revolucionário ao nosso comentarista político e doublê de ativista Glênio Gangorra.


"Nos anos 60 e 70 muitos homossexuais foram exilados ou encarcerados em campos de trabalho, as chamadas Unidades Militares de Ajuda à Produção (UMAP), por não corresponder ao modelo 'revolucionário'".(fonte JB Online)


Revolucionários Padrão




Revolucionário Fora do Padrão


segunda-feira, agosto 30, 2010

O Jus Indignatus, em um furo de reportagem, traz até você, leitora fiel, leitor antenado, o magnífico projeto do estádio corintiano, escolhido para sede paulista da copa de 2014.

Essa nem a CBF, nem os governos estadual e municipal viram.


Contribuição de nossos comentaristas Cabral Casseta e H. Romeu Pinto.

domingo, agosto 29, 2010


"Aos senhores candidatos ao governo do Estado do Rio de Janeiro

Como empresários sabemos da importância da legalidade. Empregamos um batalhão, fortemente armado e motivado, de trabalhadores de todas as idades, sendo nossa atividade uma das principais empregadoras de jovens aprendizes, em seu primeiro e último emprego, nas comunidades carentes da cidade maravilhosa.

Como empresários entendemos que a sonegação é um ato vil e covarde. Incomoda-nos a ausência de fiscais da receita federal e estadual. O manuseio de dinheiro vivo, sem a correspondente nota fiscal, é extremamente perigoso, considerando que o Estado não garante a segurança necessária para o desenvolvimento de nossas atividades. Temos que recorrer a expedientes e subterfúgios para manter-mo-nos em funcionamento, como a contratação de segurança privada, compra de armamentos e outros.

Como empresários esforçamo-nos para garantir a satisfação dos usuários de nossos produtos. Porém, a falta da legalidade e da fiscalização nos obriga a recorrer a fornecedores internacionais de duvidosa origem. A ilegalidade não nos permite recorrer aos órgãos de controle de qualidade, levando-nos a amargar a desconfiança daqueles que nos procuram para comprar uma parada, tornando a competição acirrada e mortal.

É nos cerceado o amplo direito associativo. Somos marginalizados pelas federações industriais e comerciais, não participando das decisões que ditam os rumos de nossa economia. Não usufruímos dos benefícios fiscais vigentes, claramente uma violação constitucional da igualdade de direitos. Aos nossos trabalhadores não é permitido sequer os direitos mais básicos de um cidadão, como acesso à previdência e ao FGTS, sem contar a remuneração adequada para compensar a insalubridade de nossa atividade.

Rogamos que os senhores, candidatos ao mais alto cargo eletivo de nosso Estado, olhem com vagar para este que é o segmento mais rentável de nossa economia, com um amplo espectro de usuários, permitindo-nos dar o passo final em direção ao lícito. Queremos a inclusão social e uma regulação apropriada e benéfica para nosso setor. Esperamos, tanto empresários quanto trabalhadores, que possamos, finalmente, circular em bondes do terror, sem medo.

Ass.

Empresários do ramo do entretenimento químico do Estado do Rio de Janeiro"

baseado nisso AQUI.

quinta-feira, agosto 26, 2010

O governo, ‎através de sua mais nova estatal, lançou o projeto "Sua bunda, minha banda". Trata-se de levar a banda larga onde nenhuma empresa jamais levou, bom pelo menos é o que diz no folheto. E até onde eu soube, as empresas de telefonia queriam participar, mas o governo precisava arrumar mais uma estatal para pendurar os "cumpanhêro". A banda considerada como mínima é de 512 kbps. Mas 512 kbps ser considerada banda larga é uma piada. O preço também, varia de R$ 15,00 a R$ 35,00. Por esse preço tenho certeza que as empresas de telefonia vão querer tirar uma casquinha.

E se o valor mínimo for para os tais impressionantes 512 Kbps, o preço não é diferente de uma operadora privada. Onde estará então o cunho social desta merda?

Enfim, hoje definiram as 100 primeiras cidades que serão agraciadas com essa baboseira. Isso se houver parceiros. "Eles tem total confiança que terão parceiros nessa empreitada, tipo parceria caracu", exaltou-se Hugo Toso, cabeleireiro e comentarista de entretenimento e fofoqueiro do Jus Indignatus.

É para isso que serve a Telebrás?

terça-feira, agosto 24, 2010

A Telebrás, a que foi sem nunca ter ido, pediu ao ministério das comunicações R$ 1,4 Bilhões.

Deste total, R$ 600 milhões serão investidos em 2010 e os outros R$ 800 milhões em 2011. "Cabe destacar que essa capitalização será investida em prol dos salários e benefícios dos padrinhos e apadrinhados", confidenciou um aspone daquela estatal, que por motivos obscuros não quis se identificar, ao nosso correspondente político Glênio Gangorra. E completou, "o aumento de 33% para 2011 é relativo à inflação do período; IGP-M, IPCA e INCC somados; ao reajuste do salário mínimo, da energia elétrica, das tarifas de telefonia e do preço dos combustíveis, tudo isso cumulativo".

"Há um desafio enorme em gastar os R$ 600 milhões este ano, mas todo o empenho da direção e funcionários (fantasmas) será no intuito de torrá-los antes que outra estatal se aproprie", comentou um alto-apadrinhado, em off.

Para que mesmo serve a Telebrás?

sexta-feira, agosto 20, 2010

De uma reportagem no jornal local, pincei esta pérola: Ricardo Lewandowski, comparou hoje o atentado ao presidente do TRE-SE, Luiz Antônio Araújo Mendonça, ao atentado de 11 de setembro nos Estados Unidos. "Este atentado corresponde, do ponto de vista simbólico para os magistrados, como o 11 de setembro para o mundo", disparou.

Estou espantado, realmente espantado. Somente motivado, supostamente, pela emoção emotiva, em mais alto grau de manifestação, um juiz compararia uma meia dúzia de tiros em um carro, que não matou ninguém até o momento, com dois aviões pilotados por terroristas que matou mais de 2.000 pessoas.

No frigir dos ovos ficou o seguinte: Vem por aí mais um concurso público, para contratar seguranças para os doutores magistrados. E, também, uma licitação, super-faturada, para a compra de naves blindadas, pois os rabos magistrais não se humilhariam em sentar em carros populares.

E lá vai deboche, descendo a ladeira.

quinta-feira, agosto 19, 2010

Como estamos, mais ou menos, acompanhando a maior safadeza brasileira, as eleições gerais, nada mais coerente do que tecer comentários, sérios e científicos, sobre esta que é a atividade relacional entre dois seres mais antiga do mundo, o sexo.

Procuramos um especialista na área, mas nenhum se dispôs a nos ajudar sem os devidos honorários. Convoquei então um conselho de guerra: Glênio Gangorra, Hugo Toso, Cabral Casseta, Puto Prestimoso, Heitor Caolho e H. Romeu Pinto. Todos especialistas em um aspecto da vida enquanto humana. Então, com a devida seriedade que o assunto merece, vamos aos mitos e as verdades:

- A impotência é um problema de homens mais velhos? Glênio Gangorra, 92 anos, responde: Como guerreiro da liberdade bolivariana eu nunca brochei. Mesmo sendo vítima da sanha assassina das forças de segurança da burguesia imperialista, nunca brochei. Isso é um mito. A verdade é que liberticidas reacionários, envolvidos com seus esquemas maquiavélicos capitalistas, são alvo desta doença, rara nas camadas trabalhadoras, desde a mais tenra idade.

- Masturbação provoca espinhas? Cabral Casseta, 39 anos, responde: É claro que sim, e também cresce cabelo na palma da mão. Mas não se desesperem, poderia ser bem pior, o pinto poderia cair. Puto Prestimoso, 47 anos, responde: O que devemos destacar é que a masturbação feminina, solitária ou em dupla, produz mulheres mais satisfeitas e senhoras dos seus limites imaginativos e criativos, e sem espinhas.

- Homens sentem dor se não fazem sexo regularmente? Hugo Toso, cabeleireiro, 41 anos, responde: Absolutamente não. Eles podem sentir uma dor cruciante nos ovos se estimulados além da conta mas sem conseguir realizar o ato, fora isso é mito.

- Sexo faz bem para o coração e a pele? Puto Prestimoso, 47 anos, responde: Há controvérias. Dizem as especialistas que um banho do esperma masculino rejuvenesce a pele do rosto. Porém, isso não é fato comprovado cientificamente, até porque não existem cremes hidratantes ou outros produtos estéticos à base de porra. No caso do coração, recomendo um extenso exame pois o mesmo pode falhar caso um senhor de idade sedentário, obeso e tabagista resolva encarar uma ninfeta de 20 e poucos anos e gostosa. Sem cuidados, é morte certa.

- O corpo muda após a primeira relação sexual? H. Romeu Pinto, 63 anos, responde: Se o cidadão e cidadã realizarem este ato sem a devida proteção está comprovado que o corpo da cidadã irá se modificar, inchando na altura do abdomen até parir.

terça-feira, agosto 17, 2010

Nosso especialista em segurança pública, H. Romeu Pinto, teve acesso a trechos da escuta entre suspeitos de tráfico de drogas sintéticas, presos na semana passada:

"William: Onde o Batata vai botar a dele é tranquilo, você pode botar também onde ele vai botar...
Moscão: Lá no ‘sacão’?
William: Não, você bota no meio das nádegas.
Moscão: Ah, entendi. Vou ver essa parada então.
William: Mas tem que entocar legal aí..."

H. Romeu Pinto comenta:

"botar a dele é tranquilo" significa que o usuário de drogas já é um experiente na arte de dissimulação.

"No meio das nádegas" é o código usual entre traficantes para enfiar a parada no olho do rabo.

"Entocar legal" significa pilar a droga dentro do rabo. Fica a critério do usuário escolher o tipo de pilão a ser utilizado.

O Jus Indignatus só pode concluir que os químicos da ilegalidade descobriram que drogas sintéticas misturadas com bosta humana deixam o cara doidaço.

quinta-feira, agosto 12, 2010

O TSE começou uma ampla campanha para conscientizar o eleitorado de vender voto é prejudicar seu futuro e o do país. "Hoje em dia, em determinados currais eleitorais, o eleitor vende seu voto por qualquer 10 merréis, isso é um absurdo e tem que acabar", comentou um aspone daquele tribunal, em off, ao nosso comentarista político Glênio Gangorra.

O TSE não soube explicar, contudo, como irão coibir a venda de votos dos nobre$ repre$entante$ do povo, os dePUTadOS e $enadore$, que continuarão na mamata ou serão incorporados à massa de parasitas que habitam a pocilga brasileña. "É impossível cercear o amplo direito democrático do fisiologismo e venalidade. O preço de um voto de um representante do povo (sic), em uma votação importante e fundamental para o futuro do Brasil, não pode ser comparado com o voto descompromissado de um eleitor em uma eleição geral que só ocorre de 4 em 4 anos", complementou outro aspone jurídico.

É interessante como pesos e medidas que são utilizados pela justissia. Tenho certeza que não há uma única vírgula que coiba o escracho que é a casa de legislatura nacional, da luz vermelha, de meretrizes caras.

Em resumo, estupro presumido pode, crack nem pensar.

terça-feira, agosto 10, 2010

Ontem começou a jornada de entrevistas do JN, emissora demoníaca e ojerizada por 100 em cada 100 petistas. Entre uma e outra pergunta e resposta, surgiu esta bizarrice:

diulma tentou justificar as alianças do governo, com Jader Barbalho, Renan Calheiros, José Sarney e Fernando Collor de Mello, por causa de um projeto maior do governo Lula, que é o foco nas questões sociais. Afirmou que as alianças não significam adesão ao pensamento dos aliados.

Até acredito que aliança não é adesão. Estes "aliados" não querem se incomodar com questões de somenos, como causas sociais, justiça e bem-estar, querem sim é continuar mamando nas tetas públicas. Não represando o manancial de dinheiro que entra no bolso dos amigos, o PT pode fazer o que quiser, até governar.

Aproveitando, o PT refez, pela terceira vez, seu programa de governo, tornando-o mais genérico. Promessas e mais promessas, sem explicar como vão fazer, até eu faço.

sexta-feira, agosto 06, 2010

Eu confesso, juro que tentei ver o debate de ontem. Mas quando o serra, com a palavra e com a chance de chutar os "bagos" de sua oponente fez aquela pergunta estúpida, desisti. Não que eu acredite em violência verbal, mas ser elegante e gentleman em um momento onde está em segundo lugar, foge a minha capacidade cognitiva.

A pergunta que ele deveria ter feito: "Dilma, você disse que seu governo fez isso e aquilo, não é verdade, o seu governo deixou de fazer isso, isso e isso. Além do que lamentam profundamente a extinção de um imposto perverso. O que o seu governo realmente faria já que o seu governo não fez?". O sujeito que orientou o serra deveria ser demitido sumariamente.

E as reformas previdenciária e tributária? E o monte de cagadas que o governo faz e que são varridas para baixo do tapete? E o apoio do PMDB?

Se o serra tinha aspirações ao planalto as enterrou. E bem fundo. Aliás, já largou mal, escolhendo um índio para vice.

Por isso vou votar na Marina. Quero ver um segundo turno sangrento, e que se fodam as minhas convicções.


Mais um exemplo do provincianismo que assola o Brasil. A sujeita aí de cima se enrolou em um julgamento, vejam AQUI (fonte blog Sem Fronteiras, do Terra).

E quando ela aparece por aqui a mídia mentecapta se desdobra em salamaleques e rapapés.

E assim caminha a humanidade, para o abismo.

quinta-feira, agosto 05, 2010

Está rolando, em segredo de justissia, um processo envolvendo uma adolescente dopada e estuprada por dois filhinhos de papai filhos da puta. Muito bem, a promotora do caso descartou a participação de um terceiro filhinho de papai. E espera concluir o inquérito até semana que vem, sendo o resultado arquivamento ou aplicação de medidas sócio-educativas.

Se optar pelo arquivamento, estará compactuando com o figurão, que é pai de um dos delinquentes. Só para constar, todos sabem, aqui na ilha, quem é esse figurão. Mas em respeito ao ECA não posso divulgar. E como fica a vítima?

Se optar por medidas sócio-educativas, estou tentando imaginar que tipo de medidas seriam. Na minha modesta opinião eles deveriam ser encaminhados a um presídio, terem suas calças arriadas e serem seviciados por uma fila de incontáveis presidiários "na seca". Esta medida atenderia aos dois requisitos da pena, estariam socializando o rabo e aprenderiam o que é ser currado. Com certeza.

Se estes dois fossem pobres, o processo estaria concluído e já estariam em uma instituição, cumprindo pena até a maioridade. Se esconderem atrás do ECA é uma baita covardia.

Em tempo: O primo do goleiro Bruno também é menor e teve seu nome divulgado em toda a imprensa...por ser pobre será que ele não é protegido pelo ECA? (sábia e providencial lembrança de uma leitora)

quarta-feira, agosto 04, 2010


Continuando a saga contra as estrelas micadas. Amy Winehouse bebe todas e apaga em pub (fonte: O Fuxico). E essa "camela" supostamente virá ao Brasil, em janeiro, para uma série de shows. E um bando de babões irá pagar os ingressos, a peso de ouro para que ela não apareça.

Não consigo separar as coisas, confesso. Uma sujeita que se comporta de uma maneira dessas não deveria ter fãs. E, na boa, nunca vi alguém com um nome tão apropriado.

O governo está analisando a possibilidade de atualizar a lista de doenças passíveis de serem consideradas como "acidente de trabalho". Muito bom, muito legal. Mas, enquanto se pensa no melhor, um bando de nobre$ repre$entante$ do povo desocupados engendraram um projeto de lei para incluir, entre elas, o assédio moral.

Tenho certeza que muitos transtornos, mentais etc, são causados por assédio moral, isso não vem ao caso.

O que me deixou intrigado é como é que o sujeito, trabalhador e honesto, é diagnosticado com assédio moral. Hoje o médico, não um juiz, diagnostica o efeito. Com esse projeto o médico, não o juiz, irá diagnosticar a causa. O trabalhador desonesto e malandro, e podem crer, existem muitos por aí, vai deitar e rolar.

"Doutor, estou sofrendo de assédio moral", não soa estranho? Estamos criando a versão paraguaia de "La justissia del trabajo".

E o assédio sexual, como fica?

terça-feira, agosto 03, 2010

No Estadão de hoje tem uma matéria política. Lá no meio dela surge um parágrafo: "Ah, sim, porque se o leitor ainda não realizou, realize: a partir de janeiro de 2011, assuma Dilma ou José Serra a Presidência da República, o estilo muda. Governar não será mais discursar."(sic)

Acho risível que cientistas políticos, e comentaristas obscenos, analisem apaixonadamente a conjuntura eleitoreira. Já era mais do que hora de se tocarem que política no Brasil é uma baita suruba de interesses escusos e mal intencionados.

Em 2011, assim como 2015, 2017, 2019 e por aí vai, governar não será porra nenhuma mais do que partilhar o butim, da pior forma possível, entre o partido vencedor, seus aliados e outros que porventura, ou por ventura, ajudaram na campanha. Na verdade não vai mudar xongas, a putaria continuará de vento em popa, os políticos, qualquer um, de qualquer partido, religião e time de futebol do coração, continuarão locupletando e a gente pagando a porra da conta.

VTNC os dois, Serra e Dilma.

Agradeço à Stella por ter publicado a nota que desencadeou este post.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics