domingo, dezembro 12, 2010

Em Floripa estão recapeando a beira-mar norte. Utilizando um novo tipo de asfalto, emborrachado com pneus velhos, promete ser mais durável, uma tecnologia de ponta. O que é curioso é que na época do anúncio da obra li que o asfalto era mais caro por ser mais durável.

Já no estado do Rio de Janeiro estão utilizando a mesma tecnologia, ligando os municípios de Guaramirim e Cachoeiras de Macacu. "Entre as vantagens, a pista fica menos escorregadia em dias de chuva, o barulho quando os carros passam é menor e o asfalto ecologicamente correto chega a ser 40% mais barato que o tradicional. Além disso, a durabilidade é de pelo menos o dobro do asfalto comum, segundo os engenheiros."

É mais caro mas dura mais, ou é mais caro porque é aqui mais caro do que o Rio de Janeiro mesmo e, como sempre, entubaram a idéia do custo/benefício?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics