segunda-feira, novembro 15, 2010

Se já não bastassem a bolsa-família e a bolsa-"cultura", chegará, em 2011, aos desvalidos e necessitados o bolsa-celular.

Com o intuito de aproveitar o bom momento político, o governo, em parceria com a CEF, irá distribuir, com nosso imposto, celulares para os beneficiários do bolsa-família. De posse desses artefatos tecnológicos, poderão receber o montante mensal utilizando seus belos Iphones, blackberries e smartphones. Não foi explicado quem pagará a conta de telefonia, considerando que quem recebe auxílio público deveria empregar o dinheiro comprando comida e outros bens de primeira necessidade.

Intrigante.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics