quarta-feira, outubro 27, 2010

Serra seguiu o mesmo caminho que a diulma, prometeu aos evangélicos, de forma tortuosa e dúbia, que vetará a lei contra homofobia, alegando que "como está passa a perseguir igrejas que têm posições a respeito do homossexualismo, de que deve ser evitado, enfim, da pregação de seus fiéis" (fonte Terra AQUI).

Sinceramente não entendi. Uma coisa é dizer que homosexualismo é coisa do demônio e contra as leis divinas (seja lá que deus di-vi-no que tenha dito isso). Outra bem diferente é o fiel, que ouve essa baboseira de seu pastor oportunista preferido, sair metendo bala em gays, lésbicas e simpatizantes. Em outras palavras, um sujeito poderia alegar que matou um gay por que Deus onipotente, em sua onsiciente sabedoria, quer?

Se para ganhar uma eleição tem que se abraçar com o diabo, sou contra. É isso que me faz diferente de muitos petistas.

Belo tiro no pé, "seo" serra.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics