segunda-feira, novembro 30, 2009

O escândalo da vez é o mensalão do DEM do DF. "A queda dos mestres jedi era esperada ansiosamente", comemorou um padawan petista ao nosso comentarista Glênio Gangorra, e que não quis se identificar.

Hoje Arruda se reuniu com a cópula do DEM para explicar a baita merda em que se meteu. E por incrível que pareça a explicação, de cunho "técnico", conseguiu convencer parte dos DEMonios. Minha imaginação não consegue alcançar que tipo de explicação seria possível para os fatos apresentados pela mídia. Talvez a explicação tenha sido algo como "está todo mundo na lista e se eu cair vou f***r tudo". Ou então ele apresentou, em powerpoint, todo o esquema, deixando os ensinamentos para a posteridade.

Realmente nossos políticos são uns filhos-da-puta.

sábado, novembro 28, 2009

Há cerca de 2 meses, por indicação do escritor Rodrigo Capella, fui convidado para ser jurado da edição 2009/2010 da Veja Santa Catarina. A categoria que deveria julgar era a de bares e emplaquei 5 das 7 indicações.

As indicações que fiz e que foram vencedoras foram:

Melhor chope: Academia da Cerveja
Melhor cozinha: Box 32
Bar para paquerar: Cervejaria Original
Melhor Happy hour: Santa Hora
Para ir a dois: Armazém Vieira

Só para constar. O quesito melhor chope não era o melhor chope da Ambev ou de seus concorrentes. O chope da Eisenbahn é excelente, artesanal e muito bem tirado. Sem contar que lá se encontram cervejas de todos os tipos e preços. O Santa Hora é bi-campeão na sua categoria. Bem localizado e abre realmente cedo. O Box 32 manda muito bem na parte de comidas, o Beto Barreiros é muito caprichoso e criativo, e o chope é bom e o pastel de camarão é especial, apesar que o bar, de forma geral, não é exatamente barato.

As duas categorias que não emplaquei foram boteco e música ao vivo. Uma pena. O Armazém do Córrego, como lugar democrático e etílico, é imbatível. Cachaças variadas, cerveja gelada, petiscos bem preparados e malucos de todas as tendências fazem o ambiente perfeito. Assisti uma vez um papo entre um comunista ateu e um sujeito que queria fundar uma igreja democrática que foi impagável.

Mas, e agora acaba o jabá gratuito e entra o Jus Indignatus, dei uma olhada nas outras categorias julgadas e vi que tem gente que não conhece a cidade em que vive. Por exemplo, o Porto do Contrato, que é especialista em ostras, categoria que foi considerada, foi cotado para melhor frutos do mar, e perdeu para o Ponta das Caranhas. No Ribeirão da Ilha, onde ficam os melhores restaurantes de ostras, só um foi cotado. Bizarro. O Zé do Cacupé, que deveria também estar na briga pelo melhor frutos do mar foi colocado em categorias nada a ver. Uma baita injustiça com um lugar que recomendo. E, nas carnes, ganhou um restaurante caro para caralho, que só tive péssimas recomendações. O Tropilha Grill não ganhar foi uma vergonha e o Meu Cantinho sequer estar cotado demonstra que os jurados do quesito restaurantes devem ser cegos ou viver enfiados na lagoa da conceição. Ou pior, serem amigos do dono do ganhador. (não vou dizer o nome do vencedor para não divulgá-lo).

Fim de papo.

sexta-feira, novembro 27, 2009

A prefeitura de Florianópolis, como todas as prefeituras brasileiras, é pródiga em contratações no mínimo suspeitas.

Ontem foi cancelado o contrato para recapeamento da avenida Beira-Mar Norte. A empresa que fez esse serviço utilizou uma técnica estranha, dependia de sol e terreno seco, e com as chuvas o asfalto esfarelou ficando muito pior do que era. Entendi que a rescisão não punirá a empresa prestadora. E para completar será aberta nova licitação, para que o serviço seja executado em março/2010, bem quando todo mundo está em Floripa e não nas férias escolares. Planejamento de ponta do meu pau. A rincadeira custou mais de R$ 3 milhões e imagino que a nova licitação deverá ser daí pra cima.

Outro fato bizarro é a contratação da montagem da árvore de natal. Vai custar a bagatela de R$ 3,7 milhões. E sem exigibilidade. Caralho, nem que fosse de ouro. Maiores informações sobre esse mais que suspeito contrato AQUI.

E ninguém fala nada.

segunda-feira, novembro 23, 2009

A intenção lulística e diplomática de receber esse idiota no Brasil me escapa. Se o Lula ainda fosse "dar uma prensa" no iraniano, a respeito de seu programa nuclear ou interceder pelos turistas americanos presos na fronteira com o Iraque, eu ainda daria um desconto. Mas achar que o Irã é parceiro de qualquer coisa que não seja um ataque terrorista é pura estupidez. O toque bizarro é a palestra que o presidente iraniano dará em uma universidade privada. Sim, leu direito, privada. Se bem que bosta e privada combinam.

O tema da palestra é um mistério, mas arrisco aqui alguns:


"A dinâmica democrática no Irã, enforcando os defensores dos direitos humanos"

"É fácil ser um pária internacional"

"Liberdade e libertinagem, banindo os direitos civis na porrada"

"1001 maneiras de desrespeitar uma mulher"

"Reescrevendo a história, o holocausto non ecsiste"
(participação de Padre Quevedo)

"Como fazer inimigos e infernizar pessoas"


Em tempo: O que levou 3 americanos a fazer turismo no Iraque é ainda um mistério.

sexta-feira, novembro 20, 2009

Extra-dição. Por que mesmo o caso de extradição do terrorista italiano foi parar no STF?

2010. "Se simpatia for importante, Dilma já está eleita", disse nosso intrépido líder, sabe-se lá sob influência de que poderoso narcótico. Se a dilma é simpática eu sou o Bill Gates.

Malandragem. Um piloto salvou seus passageiros pousando em um mar infestado de tubarões, à noite, no pacífico sul. Aclamado como herói ele está relacionado entre os 50 finalistas do "solteiro do ano". Como sou chegado numa teoria da conspiração tenho certeza que ele fez isso de propósito para alavancar sua candidatura. A conferir.

Extra-dição 2. "Se Calamari non autorizza l'estradizione del terrorista abbiamo annullato la cittadinanza di Signora Marisa", declaração de um alto funcionário das relações exteriores da Itália.

sexta-feira, novembro 13, 2009

Inúmeros assuntos pululam na tela do meu computador implorando por atenção. Comecemos pelo começo, a baranga gordota dublê de modelo. Fico tentando imaginar qual a razão que motivou os retardados. Bulling? Talvez. Ou então alguém teve uma sacada genial e viu uma oportunidade de ouro de bombar no iutubiu às custas das saia curta de uma colega.

Qualquer que seja o motivo e motivação o que importa é que a UNIBAN se fudeu de verde e amarelo. Nunca antes nesse país se administrou um evento desses de forma tão amadora, temerária e irresponsável, quer dizer, o governo fez igual, e continua fazendo, com o mensalão, mas isso é outra estória.

Mas pelo visto a sujeita está errando a mão. Convidada por programas sensacionalistas, que se fingem de engajados sociais, e, provavelmente, assessorada por um marqueteiro, repaginou o visual e até para a Playboy cogitam uma participação. Até acredito, pois uma revista que publica uma edição com a fernanda young deve estar no desespero.

Enfim, no final a guria vai meter a mão numa bela grana unica e exclusivamente pela estupidez dos dirigentes da universidade. O tempo de exposição negativa na mídia não tem preço. O toque bizarro foi a manifestação de alunas da UNB que, tirando as roupas, protestaram pelo direito de mostrar a peitucinha e o sovaco cabeludo.

Continuaremos atento à novela até o 15º dia.

quarta-feira, novembro 11, 2009

$arney. Um ato secreto de vossa malevolência sangra os cofres públicos e dão um arrego financeiro monumental nas contas correntes de mais de 100 aspones. Começou novamente a sairem os caranguejos do balaio maranhense.

Apagão. Que apagão?

Apagão 2. Parece que dilma tem uma boca de sapo do caraleo, foi só ela dizer que não haveria apagão que.. apagou.

Apagão 3. "Em 7 anos fizemos 30% das linhas de transmissão", diz Lula. E fizeram bem malfeito pelo jeito.

Moda. Mulheres tamanho G não devem se esconder na roupa. "Devem procurar uma tenda ou, na falta dela, uma barraca para 5 pessoas", Hugo Toso, estilista e enVIADO especial do Jus Indignatus ao mundo do entretenimento.

sexta-feira, novembro 06, 2009

E deu o que se esperava. Contrariando um antigo dogma hindu-romano-esloveno que diz: "Pato novo não mergulha fundo na lagoa", o $enador do mensalão uai vai ficar um bom tempo em sua cadeira até que toffolii possa ler os autos.

"Nós pagaremos o pato, pelo menos por uns 30 anos", desabafou um importante ministro jurídico que não quis se identificar.

Era só o que faltava na bizarra peça picaresca, engendrada pelas quadrilhas que tomaram de assalto a casa maior de tolerância.

quinta-feira, novembro 05, 2009

Confronto 2. Só podemos tratar como bizarro a determinação da mesa diretora do $enado em encaminhar o assunto cassação de $enador PSDBista para o CCJ. "Vamos acatar a decisão do STF, duela a quien duela", disse o presidente daquela comissão de 20%. Porra, se vão acatar por que passar por esse vexame? Que objetivo maquiavélico existe por trás da desobediência? Se ficar por isso mesmo é a chancela na impunidade que o Brasil precisava.

Mensalão uai. O fogo das baterias está acertado contra o alvo. Já estava mais que na hora daquele $enador ser chutado da casa de tolerância maior. "Chega de queijo minas de jabá, queremos caviar", declarou um alto aspone ao nosso comentarista Glênio Gangorra.

Burrice. Chega ao fim a queda de braço entre o INPI e a ANVISA. E quem saiu perdendo fomos nós, cidadãos. O INPI, muito flexível e maleável, irá se responsabilizar pela concessão das patentes de remédios e isso tende a impedir que os laboratórios de genéricos possam produzir seus placebos, isto é, seus remédios "barratinhos" a preços pagáveis.

quarta-feira, novembro 04, 2009

Apagão bolivariano. Não se pode negar que huguito é muito criativo quando se trata de encobrir sua incapacidade. Para impedir um novo colapso, no já combalido sistema elétrico da chavezlandia, ele sugere que ao ir ao banheiro, na madrugada, o(a) sujeito(a) use lanterna ou velas. "É muito mais romântico sentar no vaso à luz de velas, e o cidadão pode, inclusive, cantarolar, bem mais saudável do que no chuveiro. Temos um ditado que diz 'cante cagando que a merda sai dançando'", declarou um alto aspone do setor elétrico bolivariano ao nosso especialista energético Glênio Gangorra.

Benção. Líderes religiosos africanos enfrentam ambientalistas que repudiam o sacrifício de um boi para cada estádio-sede da copa 2010. "Não podemos compactuar com esse ritual medieval", esbravejou um eco-chato. "Vamos fazer uma churrascada depois, os ambientalistas estão convidados", defendeu-se Ubuntu Oingo-Boingo, líder espiritual local.

Confronto. O $enado recusou-se a cumprir uma decisão da mais alta côrte da justissia brasileña. "Não podemos ficar à mercê da espada cega da lei e esperamos que o novo ministro do STF faça a sua parte e apazigue os ânimos acirrados no poder judiciário", declarou um nobre $enador repre$entante do povo ao nosso comentarista Glênio Gangorra.

terça-feira, novembro 03, 2009

Rodrigo Capella lança décimo livro

O escritor e poeta, Rodrigo Capella, autor de “Transroca, o navio proibido”, que está sendo adaptado para o cinema pelo diretor Ricardo Zimmer, acaba de lançar o seu décimo livro. Trata-se de “Mistérios em Floripa”. Com muita ação e suspense, o décimo livro do autor é envolvente e pode ser lido em apenas uma tarde. Tudo começa no clássico do futebol catarinense (Avaí e Figueirense) e depois ganha as ruas de Florianópolis. Leia e ajude a desvendar quem matou o jogador Leleco, a estrela do Leão da ilha. Maiores informações entre em contato com o autor pelo e-mail contato@rodrigocapella.com.br.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics