quarta-feira, agosto 26, 2009

Gratuidade. O embusteiro-mor do esoterismo mundial anunciou a liberação de 3 livros inéditos para download pela internet. Títulos como "No colo do negão eu sentei e chorei", "Veronica quis me dar, mas serei eu gay?" e "Manual do onanista solitário gay na estação da luz" estarão ao alcance de um click. Como gratuidade é um requisito para conseguir uma graninha fácil pela lei rouanet, terá ele amealhado grana nesse esquema?

CSI Brazil. Como era de se esperar, a viúva do boxeador morto morrido em uma pousada em Porto das Galinhas, Pernambuco, vai processar o Estado. Foi em cana injustamente porque um luminar daquelas brenhas tinha certeza que ela havia matado o marido, logo depois teve certeza que ele tinha se matado. Faz ela muito bem.

Patrocínio. Se já não bastasse o imbloglio que o governo gaúcho está metido descobriu-se que um funcionário estadual passou 19 dias na África do Sul às expensas do governo do rio grande. Isso que eu chamo de exemplo e de oportunismo.

Campanha mundial pelo boicote ao filme da Putistinha. Seja você também um fiscal contra a putaria com dinheiro público.

Ingerência. "A Receita Federal tem que cumprir seu papel, que é devassar a vida do povinho e deixar as grandes empresas financiadoras de campanhas sonegarem em paz", comentário de um auditor-fiscal que não quis se identificar ao nosso especialista em finanças Cabral Casseta.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics