quarta-feira, abril 08, 2009

O banco é do Brasil. Não do Lula. Não vou entrar no mérito de que nossas taxas de juros são estratosféricas. A culpa não é da taxa selic. É a incompetência do setor financeiro, de gerir seu risco através de mecanismos de análise de crédito, que mantém as taxas na lua.

Mas isso não justifica que o BB vire curral do governo. Uma estupidez. Como ficam os acionistas do banco? Eles estão pouco se lixando se o "spread" bancário é criminoso. E muitos deles nem sabem que porra é essa. Eles querem é lucro. Eu quero lucro. Afinal se ela der prejuízo quem paga a conta sou eu e mais uns 40 milhões de contribuintes.

Deu no que deu, tombo no preços das ações. Quem é que vai querer ficar com papéis de uma empresa que pode ser administrada por quem não entende porra nenhuma de nada?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics