quinta-feira, abril 30, 2009

O Jus Indignatus não poderia deixar de comentar sobre a iminente pandemia viral que está para acometer o mundo civilizado como o conhecemos. Nos deslocamos então, aproveitando uma belíssima promoção, para o balneário de Cancún, MéxiCU, para colher, em primeira mão e sob risco de vida, as impressões sobre esta grave doença.

- Nomear tal doença como suína é uma indelicadeza e injustiça com os porcos. Se é para chamar de alguma coisa, sugerimos Gripe Parlamentar, em homenagem aos porcos humanos que habitam a pocilga no planalto central brasileiro.

- Já são 11 países afetados. Curiosamente a China e a Índia, superpopulosos, não se manifestaram. Se é um golpe da censura ou apenas pela condição de barbárie em que se encontram esses países, ainda não sabemos.

- A argh-entina fechou suas fronteiras com o MéxiCU. Não entendo muito de geografia mas até onde eu sei esses dois países não são fronteiriços. Tanto é verdade que argh-entinos, presos no MéxiCU estão vindo para o Brasil para seguirem viagem para suas casas. "El Brasil que se fueda", teria dito um importante representante da casa rosada platina.

- O presidente do MéxiCU, Felipe Calderón, pediu aos mexicanos que evitem sair de casa ente os dias 1 e 5 de maio. Isso evitaria aglomerações e a rápida propagação da doença.

- Um levantamento prévio de nossos analistas identificou um rol de atividades que serão afetadas se o governo brasileiro seguir o exemplo mexicano, são elas: O campeonato brasileiro de futebol, em todas as séries; raves; operações de telemarketing; o contrabando da 25 de maio; shows de axé, pagode e funk.

- Se alguém se lembra, o governo brasileiro foi absolutamente inepto no combate a dengue, que é bem menos letal que a gripe parlamentar. O Brasil dispõem de 9,5 milhões de doses do remédio que combate essa praga. Atenderia mais ou menos 5% da população brasileira. Então, quando um ministro diz, nessa conjuntura, que está tudo sob controle, é a hora do pânico?

- Dica de investimento: No mercado de ações indicamos as de empresas de remédio como a Roche. Se você é daqueles que gosta de imobilizar seu rico dinheirinho invista então em estoques cavalares de Tamiflu.

Em tempo: Leiam esse post publicado pela Luma. Intrigante.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics