quarta-feira, dezembro 31, 2008

O diretor da Globo, Roberto Talma, convidou Alexandre Frota, da Record, para ler uma peça de teatro.

"A icons", não, disse Talma. "Incoti", não porra, enfatizou Talma. "Inconstui", putaqueopariu, desabafou Talma. "A incontins", mas que caralho Frota, implorou Talma. "Porra Talma mas por que eu tenho que ler? Não pode um ponto?", argumentou ponderadamente Frota. "Vai Tomar No Olho Do Cu", desistiu Talma.

Nada como um dia após o outro.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics