sexta-feira, dezembro 19, 2008

Como era de se esperar foi aprovada a compra da Brasil Telecom pela Oi. Apesar da justificativa ufanista do Lula, que alterou as regras do jogo para que isso ocorresse, há brechas para que a maior empresa de telefonia do país seja repassada para algum desavisado estrangeiro. O interessante é que esta aprovação veio cercada de "exigências", algumas realmente intrigantes:

-- Realizar, nos próximos dez anos, investimentos em pesquisa e desenvolvimento equivalentes a até 100 por cento do total recolhido ao FUNTTEL; metade desse total terá de ser investido incondicionalmente; os outros 50 por cento ficam condicionados a liberação proporcional pelo governo; Meu comentário, no final serão investidos R$ 1,00. Não entendi bem o que siginifica liberação proporcional, mas imagino que os nobres conselheiros da ANAteL não queiram perder algum repasse para seus cofres

-- Oferecer pacotes de internet banda larga em todos os municípios em até dez meses após a construção da infra-estrutura; metade dos municípios terá de ser atendida neste quesito em até cinco meses após a construção da infra-estrutura; Meu comentário, começando é claro por todos os municípios controlados pelos amigos e amigos dos amigos, a tal base aliada.

-- Fornecer 2.000 conjuntos compostos por antena receptora, decodificador e aparelho de TV para instituições públicas a serem designadas pela Anatel; serão fornecidos 500 conjuntos por trimestre a partir de 1o de maio de 2010; Meu comentário, que porra é essa?

-- Criar uma gerência comercial com o objetivo de oferecer no atacado parte de sua rede para outras operadoras; Meu comentário, isso já não existe? Até onde sei é o que chamam de interligação...

-- Interligar por meio de fibra ótica 300 municípios situados na área de operação da nova empresa, além das existentes em 31 de outubro de 2008; outros 100 municípios terão de estar interligados até 31 de dezembro de 2010 e mais 200, até a mesma data em 2015; Meu comentário, todos os municípios deverão ser controlados pelos amigos ou amigos dos amigos, o que apoiar a candidatura do candidato do governo a presidente em 2010, digo, vier, antes.

-- Manter o número de empregos na empresa e suas controladas, inclusive a Brasil Telecom, no mínimo até 25 de abril de 2011. Meu comentário, essa cláusula deve ter sido incluída na última hora, ia pegar mal no meio da marolinha a BrOi demitir uma porrada de gente.

O negócio deve ter sido muito bom para entubarem isso tudo sem gemer. Não esqueçam que quando o acordo foi costurado o mercado acionário ia de vento em popa, hoje as ações envolvidas devem valer 1/3, eu acho.

Em declaração aos jornais normais o presidente da ANAteL disse que a operação será benéfica para o consumidor. Alguém me explica como um monopólio pode ser benéfico ao consumidor porque esta aula eu devo ter faltado.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics