quarta-feira, novembro 19, 2008

Em tempos de crise financeira mundial e escassez de crédito nada mais justo que criar uma taxa para punir aqueles que acreditam no Lula e vão às compras no crediário. O Detran de Santa Catarina, provavelmente sob instruções maquiavélicas do governador que não-sabemos-o-nome-porque-viaja-pra-caralho, baixou uma portaria que cria uma taxa de registro de compra de veículos financiados, a ser paga em cartório, aliás, um único cartório.

Esta taxa é proporcional ao valor financiado.

As revendas locais estão emputecidas, e com razão.

Já a comissão de transportes da pocilga estadual alerta que a criação desta taxa é uma medida ilegal. Mas fará algo para defender os interesses do cidadão ou irá lavar as mãos com algum jabá?

A conferir.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics