sexta-feira, outubro 31, 2008

Em meio ao caos surgem aqueles que se tornarão líderes. Como psicógrafo do maior mago oportunista da atualidade, Heitor Caolho, venho a vós, no meio dessa crise financeira mundial e brasileira, trazer palavras de otimismo e explicações profundas.

"Descobri que o problema desta hecatombe financeira mundial está explicada na origem do processo de libertação revolucionária iluminista quando da assumpção do novo imperador ao trono francês, pois a dialética dicotômica exprimida pelos pensadores de então nos colocaram dilemas insolúveis ao afirmarem que o cavalo branco de Napoleão era na verdade castanho. Uma coisa assim, a meu ver, bastante clara e objetiva se considerarmos que eram os deuses astronautas", Mago Zion Zebedeu, chefe local da Hector Hereeye Foundation, nas Ilhas Virgens, psicografado por Robinson Rayol.

"Se você está boiando em relação à crise, não se preocupe. Muitos afundaram...", frase proferida por Zion Zebedeu, durante a palestra magna de inauguração da filial local da Hector Hereeye Foundation em Jleeb Al-Shuyoukh, Kuwait para 1.500 empresários árabes, preocupados com a queda do preço do petróleo.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics