terça-feira, outubro 28, 2008

O SERASA chegou às escolas. Entrou em funcionamento, há duas semanas, o Cineb (Cadastro de Informações dos Estudantes Brasileiros). Lá, a escola privada pode consultar se o candidato a ingressar em seus bancos já teve problemas de inadimplência com outras instituições e poderá negar a matrícula.

Imoral e provavelmente ilegal. Primeiro, ter estado inadimplente no passado não significa que está. Segundo, se passou cheque sem fundo no passado e já teve seu nome retirado da lista negra, devido à regularização, ele está adimplente. Nem o Banco Central poderia impedir o sujeito de abrir uma conta bancária, por exemplo.

Entendo que um renomado caloteiro, aquele que mora bem, tem carrão do ano, mas não paga condomínio nem IPVA, está enrolado até o pescoço com a fatura do cartão e arrombado no cheque especial por gastar em restaurantes da moda e lojas sonegadoras de luxo, e por tudo isso incluso em SPC's e SERASA's da vida, tem que ser evitado. Mas o cidadão que por uma eventualidade teve uma dificuldade e a superou, aí é uma baita sacanagem.

O consumidor que tiver o nome incluído no cadastro e tiver a matrícula negada por outra instituição poderá entrar Justiça. A orientação é da Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), que considera a prática abusiva.(folha on line)

Com a palavra os energúmeros que comandam a educação nessepaiz.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics