domingo, setembro 21, 2008

Para não perder a viagem natureba. A PF, com a deflagração da Operação Dríade, prendeu, esta semana, 14 envolvidos em fraudes na obtenção de licenças ambientais na Grande Florianópolis, supostamente envolvendo o lixão de Biguaçu e empreendimentos imobiliários na região. Um dos supostos envolvidos supostamente é reincidente, pois também esteve preso por ocasião da Operação Moeda Verde, outra ação da PF que desarticulou um esquema similar na capital catarinense. Desarticulou, mas não impediu que todos os empreendimentos, que supostamente abusaram das licenças supostamente fajutas, continuassem suas obras, felizes e faceiros.

Em tempo: O excesso de supostos deve-se à orientações mercadológicas e jornalísticas e seu uso atende aos anseios ansiolíticos do escritório de advocacia que assessora este blog.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics