sexta-feira, agosto 29, 2008

A estratégia de aumentar impostos e os preços dos produtos derivados do tabaco é capaz de reduzir o consumo de cigarro, principalmente entre os jovens, de acordo com o Inca (não confudir com INCRA). A medida faz parte das recomendações do Banco Mundial e da OMS e pode ter eficácia, sobretudo, em um país que produz um dos cigarros mais baratos do mundo.

"Com isso, o aumento de preços para níveis estratosféricos, estamos dando mais opções para o jovem que quer 'parecer adulto e descolado'. Ele poderá optar entre cigarro, maconha, skank, crack e, esperamos, cocaína e heroína pura", declarou um importante membro do NAEMV, órgão ligado aos países membros do MCDOP.

NAEMV: Núcleo de Análise Estratégica do Mercado de Vícios
MCDOPB: Mercado Comum de Drogas e Outras Porcarias Bolivarianas, representado por Cuba, Bolóvia, Piru, eCUador e Chavezlândia.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics