domingo, junho 22, 2008

Custei, mas enfim cheguei. A ação do exército no morro da providência me fez pensar com meus zíperes. Primeiro, não entendi qual a razão de colocar o exército para tomar conta de obras do PAC, apesar de ter uma montanha de dinheiro envolvido. Segundo, ninguém está correndo atrás dos criminosos que mataram as 3 bestas, apenas crucificaram os militares despreparados. E por último, R$ 16,6 milhões para reformar 782 telhados e fachadas dá mais de R$ 20 mil por casa.

Agora entendi. Haja providência, Crivela.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics