domingo, junho 29, 2008

Ontem fui participar da festa junina na escola da minha filha. Em uma das apresentações, o indefectível casamento na roça, um dos padrinhos era o prefeito. Na fala ele diz: "Trouxe R$ 0,10 para ajudar os noivos na construção da casa própria. Não dou mais porque meu dinheiro está todo lá fora". Era uma turma de alunos do 4º ano (9/10 anos). Triste. Esse é o futuro do Brasil.

O biógrafo do Paulo Coelho, autor de "A vida cor-de-rosa de um mago - Paulo Coelho é coelha?", declarou sua indignação com a má-vontade que a mídia tem com o biografado. Tenho que tirar o chapéu para o embusteiro, incluir "arranjar pistolões para publicação" em seu rol de atividades demonstra sua objetividade e perseverança. Chamá-lo de escritor, assim como chamar o manual profissionalizante da Bruna Putistinha de livro, deve ser um tapa na cara de Josué Montello, Ruy Barbosa e Euclides da Cunha (sem contar outros). Terrível. Esse também é o futuro do Brasil.

Fudeu.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics