quarta-feira, junho 25, 2008

"Chamar certas agremiações políticas de máfias é um erro. Na minha época, e foi o meu legado, a máfia extorquia, mas protegia", Dom Corleone, psicografado pelo mago esotérico oportunista Heitor Caolho.

"No dia de hoje tenho a certeza que uma pessoa está enfiando os dedos e rasgando", mago Heitor Caolho, psicografado por Ricardo Rayol.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics