domingo, junho 29, 2008

O Pará, apesar de um bonito estado, é uma terra sem lei. Assassinos são soltos em julgamentos depois d eterem sido condenados. Onde a governadora acha normal encarcerarem uma jovem com homens. Mas o estado da arte em bizarrice li nessa declaração, a respeito do óbito de 20 bebês em um hospital: "A secretária Laura Rosseti atribui os óbitos 'em princípio ao estado em que as crianças chegam para atendimento'". Deve ser alguma epidemia de princípios.

É normal 20 bebês morrerem em um hospital? Sabem no que vai dar? Em absolutamente nada.

PQP.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics