quarta-feira, maio 21, 2008

Se todo político venal e fisiológico sofresse o que o engenheiro da Eletrobrás sofreu, na apresentação do projeto da hidrelétrica de Monte Belo o Brasil seria um país bem mais ético.

Para quem não sabe, a hidrelétrica em questão tem capacidade prevista de 11.000 MGWatts. Porém, somente operará em capacidade plena 3 meses por ano, por causa do regime de águas da região. No resto do ano somente 1/3 da capacidade poderá ser gerada. Tudo isso com um enorme estrago na floresta.

Não são maravilhosos os projetos desse país?

Facão neles.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics