segunda-feira, maio 26, 2008

Como toda boa samaritana e pudica senhora que se preze, Leila Lopes, a eterna professorinha, disse, com exclusividade no microfone, que não gosta de ser sodomizada. "Dói muito, não gosto de dor", declarou consternada, apesar de sua posição preferida ser a "de quatro".

Pelo jeito a bazuca do Bazuca não tem o calibre anunciado.

Em tempo: Movida ainda sabe-se lá por que alucinógeno declarou, em alto e bom som, "Eu nunca fiz e nunca vou fazer sexo na primeira noite. Só transo com amor". Para realizar as filmagens sem traumatizar a atriz a produção preferiu filmar à tarde.

ahahahahahahaahahahah. PQP.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics