quinta-feira, abril 17, 2008

"Rosanne é da rara estirpe de intérpretes magistrais e instintivos que se colocam inteiramente à disposição do filme que estão fazendo. Uma atriz perfeita para Martin Scorsese, Valério Zurlini, Kenji Mizogushi e Luis Sérgio Person. Eu a recomendaria imediatamente a qualquer diretor que procure no intérprete um interlocutor que literalmente "vista a camisa" do filme. Em resumo, Rosanne é a anima e o sangue de FALSA LOURA e ponto!" (fonte blog do Repique).

A Rosanne em questão é Rosanne Mulholland, filha do ex-reitor da UnB, o mesmo que, supostamente, desviou dinheiro público para aparelhar o apartamento funcional da reitoria e comprar um belo e moderno veículo oficial. Como o filme é também estrelado pela Suzana Alves (a eterna tiazinha), Cauã Reymond e Maurício Mattar, todos "ícones" da arte tupiniqueim, ao lado da Bruna Putistinha.

Imagino que com um "elenco" desses deva ser uma produção de qualidade, um filme realmente espetacular. Provavelmente financiado pela Lei Rouanet, cujo acesso deve ter sido, supostamente, facilitado pelos contatos do ex-reitor.

O mundo cultural é pródigo. E, caraleos de asas, haja jabá para sair uma crítica dessas. PQP

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics