domingo, abril 06, 2008



Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, 5 anos, assassinada supostamente por obra metafísica.


Em tempo: A pedido dos meus advogados fui obrigado a mudar o teor deste post para evitar interpelações extra-judiciais. Eu particularmente quero afirmar que não sou de julgar ninguém, mas me reservo o direito inalienável e intransferível de pautar minhas críticas às coisas, supostamente bizarras que vejo, pelo meu comportamento. Eu jamais teria condições de entrar no orkut, receber uma junta de jumentos onguístas e ouvir um "parabéns para você" se acontecesse algo com minha filha. No mínimo ia mandar meia dúzia tomar no MDODC. Mas cada um lida com os holofotes do jeito que lhes apetece. Supostamente, por supuesto.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics