quarta-feira, abril 09, 2008

Isso aqui está virando um blog pornográfico. Não por culpa minha, afinal, tem culpa eu? Mas a cada dia que passa surge uma novidade, no âmbito político, que me lembra os (poucos) puteiros que visitei, em profundas e penetrantes pesquisas universitárias.

márcio fortes, ministro das cidades, admite o uso eleitoreiro do Pacote de Assalto ao Contribuinte. Em conversa com luminares de seu partido, o Partido Putanheiro, discutiu a melhor forma de se aproveitar da ingenuidade do Lula. Estavam presentes personalidades como Maluf, Severino Cavalcanti e Dornelles, dando o tom do (baixo) nível do papo que rolou: Os parlamentares se manifestaram com frases como "temos que rotular as obras do PAC como nossas" e "a agenda de viagens deve potencializar e valorizar nossos candidatos"(fonte Diário Catarinense).

Como o PAC já tem pai e mãe, o ministro foi rotulado de "operador". Na minha terra tem outro nome pra isso mas meus advogados me advertiram para evitar o uso de epítetos desabonadores, apesar de verídicos, quando tratar de figuras do governo e membros da pocilga.

Com a palavra o TSE.

Vejam a íntegra da sacanagem AQUI.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics