terça-feira, abril 29, 2008

Mais uma.

Um agricultor foi assassinado, no belíssimo e justo estado do Pará, por denunciar um suposto esquemão entre o IBAMA e os desmatadores. Até o momento não se sabe quem matou e a mando de quem.

Será que irão colocar trocentos peritos, policiais, cães farejadores, jornalistas e helicópteros para desvendar mais esse mistério?

Em tempo: Vi pela manhã que o IBAMA de lá não tem telefone, causado pelo encerramento de contrato com a operadora local que começa com O e termina com I. Um juiz teve que expedir uma ordem judicial para que o IBAMA faça seu trabalho. Não é uma maravilha a política ambiental brasileira?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics