sexta-feira, abril 25, 2008

De uma simples aventura, o vôo com balões do padre Adelir de Carli se transformou num rombo aos cofres públicos. Desde domingo já foram consumidos, na operação de buscas para encontrá-lo, pelo menos R$ 564.663,25. (isso que eu chamo de ter controle de gastos...)

Longe de mim querer valorar a vida humana. Mas o que revolta é que a iniciativa aventuresca foi uma temeridade mal-planejada e quem vai pagar a conta somos nozes.

Enquanto isso, nas ilhas Seycheles....

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics