domingo, maio 04, 2008


Boneca especial, comprada a peso de ouro e utilizada na reconstituição do caso Isabella Nardoni.


Uma homenagem Jus Indignatus aos 93% de casos de homícidios, que não são esclarecidos, pelo Brasil afora.


Dos comentários: "Excelente Rayol. É exatamente isso que eu penso e não conseguia explicar: uma merda esse bla, bla, bla da mídia. Em mais de dez anos de direito criminal jamais vi uma polícia técnica tão competente e interessada e nunca vi um delegado trabalhar aos sábados, domingos e feriados para ouvir testemunhos. Aliás, NA VIDA REAL, quem ouve os testemunhos são os escrivães e o delegado apenas assina o termo. QUEREM ENGANAR A QUEM? Aos idiotas que dão audiência aos babacas da mídia televisiva. Só pode ser isso! NA VIDA REAL, não existe PERÍCIA nem POLÍCIA TÉCNICA nem DELEGADO TÃO DILIGENTE a ponto de trabalhar no feriado para ouvir testemunhas. Por isso restam 93% ou mais de homicídios não esclarecidos. NA VIDA REAL ninguém se importa com isso além dos familiares da vítima. A imprensa criou um ícone chamado Isabela e vem faturando alto com toda a repercussão que alcançou nessas mais de três semanas de encheção de saco nos telejornais. Quer saber? O pai e a madastra serão condenados daqui algum tempo porque a imprensa já os condenou (a não ser que coloquem sete ermitões na cadeira dos jurados, daquele tipo que vive em caverna e nem sabe o que é TV, rádio ou jornal). Porque a imprensa os condenou, eles serão sim condenados a um montão de anos de cadeia e em pouquíssimo tempo estarão novamente soltos. E nós, os idiotas que lutam por justiça, continuaremos vendo ladrão de maçã ir pra cadeia porque é pobre ou é preto. Uma merda esse negócio! Esta é a verdade: este é o país dos espertos e todos os outros são nada mais que otários. Infelizmente a justiça brasileira funciona assim." Mário, do blog Apoio Fraterno.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics