sexta-feira, abril 18, 2008


Hoje, uma caralhada de blogs irão opinar sobre o analfabetismo, uma convocação da Georgia do blog Saia Justa.

O que dizer sobre a luta contra o analfabetismo? Temos um presidente semi-analfabeto que se orgulha disso. Aí é foda esperar algo que preste do poder público. Temos escolas públicas preocupadas com índices de aprovação do que realmente formar cidadãos. Sobre a educação pública recomendo a leitura do excelente EducaFórum. Sobre a importância de saber ler leiam esse post AQUI.

É muito fácil abusar da falácia de indicadores quando formamos apenas (an)alfabetizados funcionais, aqueles que lêm mas não interpretam.

O que fazer? Exigir uma política que torne o ensino público em algo de qualidade é contar que nossos políticos, venais, fisiológicos e acostumados com o coronelismo dos currais eleitoreiros, tenham consciência. Impossível.

A única saída que vejo é a participação nos conselhos de educação locais. Mas é exigir muito do cidadão que, ao pagar impostos, acha que isso basta. As pessoas que podem fazer a diferença estão mais interessadas em protestar contra a guerra do Iraque ou contra o Bush. Protestos risíveis e inócuos.

Sugiro que no dia 8 de setembro, dia da Alfabetização, nos reunamos e façamos uma avaliação do que essa blogagem resultou.

Aproveito para divulgar uma iniciativa virtual. O Movimento Blog Voluntário, contra o analfabetismo virtual. Maiores informações AQUI.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics