sexta-feira, março 14, 2008

Uma comemoração bisonha essa do PIB. Primeiro porque manipularam, descaradamente, os indicadores a pedido do presidente. O PIB que cresceu 5,7% é o PIB_mpp. Em segundo lugar este aumento foi movido a consumo. Prazos dilatados para financiamentos. Linhas de crédito especiais para aposentados e pensionistas. Estratégia igual a um certo país do norte das Américas, tão execrado pelos esquerdopatas. Em terceiro, a agricultura foi a peça principal, não a indústria. Não há glória nenhuma nisso. Não internamos tecnologia. Não estimulamos a substituição das importações, que nesse caso, depois de 5 anos de governo petista, está sendo olhado com atenção. Mas a atenção do ponto de vista petista, notadamente incapaz.

Mas algo que não foi tão divulgado: Nos últimos cinco anos, o crescimento médio de 39 países emergentes foi de 5,6% ao ano. O Brasil manteve, na média, 3,8%. Um dos últimos dentre estes países.

Quero ver esse plano industrial sair do papel.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics