sábado, fevereiro 23, 2008

Quem se deu bem com esse oba oba, ao redor dos cartões corporativos, foram as ONG's. As organizações não-governamentais, que nesse país precisam de dinheiro governamental, sugaram nos últimos anos R$ 30 bilhões, sem comprovação aparente.

Agora o presidente desta CPIzza bilionária, o $enador Colombo, corre contra o tempo, enviando requerimentos e convocando "inconvocáveis". O maior ralo brasileiro de dinheiro público tem, pasmem, suas reuniões uma vez por semana.

Como a população, de modo geral, não sabe do que se tratam R$ 30 bilhões, ficará feliz e satisfeita com a "prisão" de meia dúzia de aspones que sacaram R$ 10 mil na boca do caixa. E o governo está cagando pra isso.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics