segunda-feira, fevereiro 18, 2008

No Brasil qualquer um, com acesso ao dinheiro público, pode roubar, desviar e superfaturar. Isso é que é um país onde a democracia é praticada com afinco. Cabeças rolarão no caso do metrô paulistano ou irão varrer a sujeira para baixo do tapete?

O mínimo carta, em sua medíocre publicação, chama a CPIzza dos cartões de CPIzza da Tapioca. "Esquece" que existem desvios de conduta muito mais graves, como o hábito de sacar dinheiro vivo, que a compra de uma tapioca superfaturada. Vai ser tendencioso lá casa do caraleo.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics