sábado, janeiro 26, 2008

Da série de notícias bizarras que leio por aí. Uma sujeita, mãe de 3 filhos, foi a um baile funk. Encheu o pote, subiu no palco e tirou a roupa, supostamente pelo dinheiro oferecido, para pagar umas dívidas. Obviamente foi filmada e seu vídeo foi parar na internet. Foi enquadrada e vai responder processo etc e tal. Ah, e tomou o calote.

Acham que ela está arrependida? Desesperada? Querem que a esqueçam? Nada disso, depois do mico e de se dizer envergonhada, declarou que sua página no orkut está bombando e que voltaria a tirar a roupa, mas apenas se a proposta for séria e o valor, interessante.

A mídia dá espaço para estas bizarrices e os protagonistas acreditam que realmente são celebridades. E o que é pior, eu perco meu tempo escrevendo sobre uma baranga infeliz destrambelhada.

Em tempo: Respondam rápido, o que uma mãe de 3 filhos, que ganha salário mínimo, foi fazer, pela primeira vez, em um baile funk?

a) Estava atrás do pai dos seus filhos, aquele desgraçado.
b) O processo seletivo do futuro pai de seu 4º filho.
c) Achou que era um programa família.
d) Pensava em pegar um bonde, pois nunca tinha ido a Santa Teresa.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics