quinta-feira, janeiro 24, 2008

Como qualquer mortal, exceto os ultra-biliardários, não sei o que representam US$ 7 bilhões. É dinheiro pra cacete. São R$ 12 bilhões e caralhada. E foi esse Everest das fraudes que foi, finalmente, escalado por um francês. Jerome Kerviel, 31 anos, é apontado como o maior fraudador da história da humanidade. De todos os tempos. Nem Midas supera.

Supostamente ele está preso e sem emprego. Mas não por muito tempo. Emissários, de vários partidos brasileiros, já partiram para a Europa acompanhados dos melhores juristas mundiais. Todos com excelentes propostas de trabalho para esse gênio. "Nós achávamos que sabíamos tudo sobre fraude", disse um político que preferiu o anonimato.

Pode ser ingenuidade minha, mas será mesmo que o francês fez isso tudo sozinho?


Copiada descaradamente do Blog Serjão Comenta do Céu.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics