quinta-feira, janeiro 31, 2008

Florianópolis está debaixo d'água. A Defesa Civil pede que só saiam de casa se necessário. É a ira do divino nirvânico às portas da festa momesca. Por que não no Rio? Por que não em São Paulo? E Recife? Salvador? Sacanagem né divino, tinha que trazer o dilúvio logo para cá, nessa ilha da mágica, onde ninguém é venal, ninguém explora o turista e não há, muito menos, agressões ao meio ambiente.


(Imagem: Cruzamento da Av Rio Branco com a Gama D'eça, no coração do centro de Florianópolis. Autoria desconhecida)

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics