domingo, setembro 30, 2007

Pessoal,

Por questões profissionais estou meio enrolado para manter as visitas em dia e atualizar minhas indignações. Esta semana devo conseguir me organizar. Então faço minhas as grandes palavras do grande prócer e bandoleiro brasileiro, FCM: "Não me deixem só".

Em tempo: Li, na fila do caixa do supermercado, uma chamada de capa numa revista de FOfoCAS. Dizia assim: "Preta Gil: Eu tenho poder entre as pernas". Será mesmo que ela acredita que alguém a come por achá-la boa de cama? Já soube que a contra-partida para um determinado apoio a um evento por aqui era permitir que ela "cantasse". Nada como ser filha de ministro da "cultura".

Em tempo 2: Para quem tem planos de visitar a China e pretende alugar um carro. Contratem um motorista chinês também. Explicando, a justissia por lá é rápida e rasteira, sem apelações e, muitas vezes, executada pela própria polícia. Por isso, ou também por isso, os ciclistas chineses tem o péssimo hábito de se jogar na frente dos carros pilotados por ocidentais ou que tais. Então faço minhas as palavras do grande mestre e mago Heitor Caolho: "Quem tem olho grande não entra na China, pequeno gafanhoto".

Em tempo 3: Abaixo o leite de saquinho.

quinta-feira, setembro 27, 2007

Mangabeira Unger, o que foi sem nunca ter sido, depois de várias doses de Underberg na caninha, vaticinou: "Sou um estudioso do mundo e eu lhes digo que entre os países de renda média, o Brasil é o país onde há menos corrupção. Não é verdade que haja um problema sistêmico de corrupção no Brasil". Realmente como estudioso do mundo ele é ótimo filósofo.

Ainda sobre ele e outros 626 aspones. Baita revanchismo e picuinha do $enado. Os douto$ membro$ da casa de tolerância, de pirraça e apoiados pelo Partido Me Dei Bem, não aprovaram a criação da SEALOPRA. É o longo prazo mais curto da história da humanidade. Fico imaginando aqui qual será a moeda de troca.

Sabrina Sato planeja ser candidata a vereadora. Ela pretende lutar pelas crianças e pelo amor, o que quer que isso signifique (como pedofilia é crime e dá cadeia, será que crianças com mais de 40 podem se habilitar aos projetos "sociais"?). Thammy Miranda, filha de Gretchen, também quer mamar nessa teta, a da política, não as da Sabrina. Só precisa distribuir, gratuitamente, cópias do seu filme pornô, filmado com sua suposta namorada, a gostosíssima Julia Paes, para alavancar eleitores. As duas ganham fácil. Viva a putaria.

--------------------------------

O Gustavo D'Andrea, do blog Forense Contemporâneo convida para a segunda parte da blogagem coletiva "Brasil: Uma cena", no dia 02 de outubro. Maiores informações aqui.

terça-feira, setembro 25, 2007

Renan Calheiros, o $enador super-bonder, apregoou, aos quatro cantos da pocilga, que seu caráter não permite chantagear outros $enadore$. Não esqueçamos que o dicionário que ele usa é muito peculiar. Por exemplo, caráter significa gênio. Logo, seu "gênio" não permite realmente chantagear. Ele é mais truculento. O negócio dele é ameaçar, advertir e avisar.

Já que o assunto é o Renan, continuo. Diz a lenda que, supostamente, existiria um acordo entre ele e o PT, onde, ainda supostamente, não seria cassado em troca da entrega do cargo. Como é um sujeito de caráter ético ilibado, o $enador não cumpriu sua parte. Curiosamente, o relator do segundo processo, que é do PT, pediu a paralisação do seu andamento, ao invés de arquivá-lo. Os desavisados podem achar que é uma atitude moral da casa de tolerância. Mas lendo as entrelinhas é o seguinte: Ou o Renan larga o osso ou vão cassá-lo.

E viva a promiscuidade fisiológica da política brasileira.

Todos sabem que eu detesto memes. Uma palavra que se pronuncia mi-mi, no mínimo pronunciada fazendo biquinho, não pode ser algo sério. Mas fui convocado pela Letícia Coelho, que não tem parentesco com o grande embusteiro do mundo esotérico, Paulo Coelho, a responder sobre "o que sei agora e não sabia antes". Como achei o tema legal e ela apareceu há pouco tempo por aqui vou dar um desconto.

1) Hoje sei que a justissia é caolha, só vê o que lhe interessa e que lhe trará benefícios. E que ela não é igual para todos.

2) Não sabia que ser político no Brasil era legal demais, hoje eu sei. Você pode praticar fisiologismo, nepotismo e banditismo que não dá nada. Tem foro privilegiado e nunca é julgado. E que palavra de político e mula-sem-cabeça são a mesma coisa. Lendas.

3) As leis brasileiras são uma peneira. Suas inconsistências são amplamente exploradas por espertalhões. Quem não pode investir em "adevogado" se ferra.

4) Hoje sei que o provisório é permanente e o permanente é "imexível".

5) Sou elite. Os impostos que pago, mesmo sendo assalariado e mal-pago, são a prova cabal de minha condição socio-econômica privilegiada. Hoje tenho certeza disso.

6) O negócio é dever muito, se possível para o governo. Eu não sabia que banqueiros se davam tão bem sob um regime socialista de esquerda, hoje eu sei.

7) Hoje sei, e tenho certeza, que mesmo pagando tudo certinho minha aposentadoria será uma bosta e irei depender do SUSto.

8) O povo brasileiro não está nem aí. Enquanto houver novela e BBB eles irão babando felizes para as filas e morrerão conformados. Isso reforça minha teoria que JAMAIS a Globo será fechada.

Só para registro. Tenho lido por aí que o fechamento do $enado Federal, além de possibilitar o total e completo controle do legi$lativo, iria reduzir o custo da pocilga em alguns bilhões de reais.

Mentira. Não esqueçam que o salário dos $enadore$ e seus benefícios é direito adquirido. O do funcionalismo público que suporta aquela putaria, também. Na melhor hipotese iriam para casa, ganhando sem trabalhar. Sim economia de espaço etc, alguns milões talvez. Na pior, transferem todo mundo, incluso $enadore$, para a câmara dos dePUTadOS. Não muda nada.

segunda-feira, setembro 24, 2007

A rica e endinheirada prefeitura do Rio de Janeiro irá pagar de dois a 12 salários-mínimos (R$760 a R$4560) para estudantes aprovados nos três últimos anos do ensino fundamental (as antigas 6ª,7ª e 8ª séries) com conceito global “MB” (Muito Bom).

Como sou um cara sem a menor malícia, imaginei o seguinte: Digamos que o diretor da escola municipal, um ser absolutamente ético e honesto, juntamente com alguns impulutos e éticos professores, reunam-se com os éticos, e paupérrimos, pais de alunos. Daí, dessa reunião ética e honesta, montam uma ajuda internacional (esquema) para que os estudiosos alunos possam acessar essa benesse, mediante a ética e justa comissão de 50%. Baita esquemão.

Ou melhor, o secretário municipal da educação, outro ser ético e honesto, em conversa com seus comandados diretores, conclui que existem 1 milhão de alunos elegíveis a esse benefício. Mesmo que só existam 200 mil nas escolas.

Nada como ter uma eleição municipal pela frente. O Cesar Maia realmente quer se perpetuar no poder. É o pequeno fidel fazendo escola.

Enquanto isso as balas continuam perdidas.

domingo, setembro 23, 2007

Uma atriz, que estréia um filme onde faz um papel de puta, diz que a interpretação de outra atriz, que também faz papel de puta em uma novela, é fantástica. "Estamos entrando em um novo patamar interpretativo. É um grande exemplo social e um modelo a ser seguido", comentou.

Você, que é pai e mãe, não gaste seus parcos caraminguás comprando livros de física, química, história ou português. Invista pesado no manual profissionalizante produzido pela Bruna Putistinha e façam seus filhos profissionais bem-sucedidos.

Esse é um país de futuro. PQP

sexta-feira, setembro 21, 2007

Enviei, para a bancada catarinense na pocilga, um email sobre a CPMF. Somente responderam o dePUTadO Carlito Mess, que na verdade foi um aspone com um discurso pré-formatado, e o dePUTadO Djalma Berger, irmão do atual prefeito de Floripa. Reproduzo aqui apenas a resposta do segundo.


de Dep. Djalma Berger ocultar detalhes 10 ago
para Ricardo Rayol Braga
data 10/08/2007 15:32
assunto RES: CPMF
enviado por camara.gov.br

Acuso recebimento da mensagem e informo minha posição contrária à prorrogação da CPMF.

Atenciosamente

Deputado DJALMA BERGER
www.djalmaberger.com.br

Agora, adivinhem como foi que ele votou?

A Mattel, cujos brinquedos fabricados na China, foram alvo de "recall" em todo o mundo assumiu a cagada. Isentou a China dos problemas causados por uso de tinta tóxica etc e tal.

Nada como ter o controle de mais de 1,4 bilhões de consumidores para enrabar alguém.

Alguém aí vai arriscar a compra de um carro chinês?

Em tempo: Por falar nisso, o que iria fazer de importante um ministro brasileiro em viagem a um paraíso fiscal?

quarta-feira, setembro 19, 2007

Quando acho que batemos no fundo do poço, brilhantemente representado no meu post anterior, leio o seguinte: "Mas, para o governo, o principal problema é o temor de derrota em plenário. Diversos governistas revelaram ao G1 a forte pressão exercida por parlamentares da chamada "base aliada", que estão dispostos a surpreender o Palácio, caso não sejam contemplados com cargos e emendas, antes da votação. "Nós estamos lembrando aos aliados que ainda há 39 meses de governo. Se quiser votar contra, não tem problema..." (fonte G1)

Descaradamente, sem vergonha nenhuma, puro balcão de negócios. Como tudo é conspiração, a veiculação de uma nota dessas só serve para enterrar, cada vez mais, a pocilga no lamaçal fedorento em que se meteram. O pior, essa putaria não é invenção petista.

Viva o socialismo tupiniquim e vão, nobres dePUTAdO$ e $enadore$, para as putas que os pariram.


A perfeita representação de onde está a brava gente brasileira.


Imagem chupinhada descaradamente daqui.

Realmente os políticos brasileiros são uns abutres (recuso-me a compará-los com águias). Todos leram que o G1 fez uma enquete com os $enadore$, no dia seguinte à absolvição, e apurou que 46 deles votaram pela cassação. Mas como grande parte das respostas foi dada por aspones não sei bem qual a credibilidade das respostas. De qualquer forma ficou aquele cheiro de maracutaia no ar.

Aí, um sagaz espertalhão faz uma consulta ao STF. Quer saber se poderia ser quebrado o sigilo do painel eletrônico. Obviamente o ministro Mello disse que não. O nobre $enador faz uma consulta estúpida, parece ser do bem (é do Partido Me Dei Bem) e fica bem na foto.

Não sou jurista mas, na minha opinião, o que deveriam ser feito era o seguinte: os 46 assumem que votaram pela cassação e entram com um processo exigindo a recontagem. Mais simples que isso só andar pra frente.

Já tem nome, sobrenome e gênero o substituto de milton zurra-nazzi, o fragilzinho da mamãe que insiste em ficar. É Solange Vieira, economista e considerada competente e linha dura.

Pois é, quanto tempo irá durar uma pessoa competente nesse (des)governo?

Essa só o grande mago esotérico Heitor Caolho pode responder.

O pequeno fidel não é fraco. O foco, agora, de seu histriônico discurso bolivariano, são as escolas particulares da chavezlandia, que ameaçou fechar caso não adotem a ideologia do seu democrático governo nacional-socialista.

As escolas particulares podem existir, de acordo com a nova constituição chavista, mas somente se abraçarem a causa. Uma espécie de doutrinação das crianças à Pol Pot.

Você é pai, quer educar seus filhos mas somente se eles se tornarem robôs. Se isso não fere os direitos humanos não sei o que mais pode ferir.

Loucura pouca é bobagem.

segunda-feira, setembro 17, 2007

A pista de Congonhas voltou a poder funcionar para pousos e decolagens mesmo com chuva. A pANACa divulgou nota determinando essa liberalidade. Ou libertinagem, depende do referencial.

Quero saber quem foi que assinou, se foi o zurra-nazzi tenham medo, muito medo.

domingo, setembro 16, 2007

Café, fabricado à base de grãos recolhidos das fezes de um animal da Indonésia, vendido em SP, é o mais caro do mundo. O quilo custa a bagatela de R$ 1.500,00 e a xícara do expresso feito desta merda, literalmente, saiu, em um teste de mercado promovido por uma cafeteria paulista, a R$ 20,00 cada.

Já vi gente dizer que comeria merda para subir na vida, mas beber merda, de verdade, é a primeira vez que ouço falar. Agora o curioso é o seguinte: Como é que sacaram que as fezes de um bicho daria para fazer café? Se é que bolotas de esterco poderia ser chamado de café.

sexta-feira, setembro 14, 2007

Gerson Camata, do Partido Me Dei Bem, apelidou Mercadante de "Gay Cívico". "Não cassou e não absolveu, ficou no meio, bem no meio", teria explicado. Eu achava que quem ficava em cima do muro eram os membros do Partido Só Dando Bola. Serão todos eles gays cívicos?

Mercadante não cassou. Não estava convencido que as provas eram incontestáveis. Covarde duas vezes. Por que não absolveu se tinhas dúvidas? Tem culpa eu?

Pelo levantamento do G1, junto a $enadore$ e aspones daquela casa de tolerância, 46 elementos votaram pela cassação. Das duas uma, ou mentem descaradamente ou teve mutreta na votação. Alguém se lembra do caso ACM_Arruda?

O instituto Butantan vai permitir que os visitantes manipulem duas cobras. Entendam como quiserem.

quinta-feira, setembro 13, 2007

Atendendo a liminar concedida pelo STF veiculamos a seguir impresso eletrônico.

Nós, das organizações Pai Xoxó, viemos a público para um importante alerta: O gel lubrificante KY, distribuído, comercializado e vendido pela Hector Hereeye Foundation, não atende a todas as especificações e necessidades do povo brasileiro nesta hora tão sofrida. Usem o legítimo "Ponto G". "Escorrega e anestesia".



À venda nas melhores casas do ramo.

Imagem chupinhada descaradamente do Blog JCF.

O comentarista anônimo, que discorreu sobre o voto secreto, me chamou a atenção para um erro. Reproduzo o seu novo comentário a seguir, com minhas devidas ressalvas:

Solicito ao atento e observador blogueiro (não me sacaneia, não li atentamente) que releia, por favor, o texto que se inicia com a expressão "excepcionalidade do voto secreto nos parlamentos (...)" indicando, como se percebe, que o autor quis se referir apenas aos casos especiais nos quais os parlamentos democráticos abrem mão da regra, o voto aberto. No Brasil são meia dúzia de casos, entre eles, por determinação constitucional, a cassação de parlamentares. (bom, de forma geral, quebra de decoro parlamentar implicitamente envolve alguma sacanagem executada e liderada por algum político venal, quando não crime comum como matar alguém com serra elétrica. Logo, em um regime democrático quero sim saber como o filho da puta que elegi está votando. O que é bizarro é que o Brasil está reconceituando o modo como se pratica a democracia).

Peço ainda ao ilustrado e bem informado blogueiro (sem ironias) que se recorde do famoso caso do processo de cassação do ex-deputado Márcio Moreira Alves, em plena ditadura militar. Foi precisamente o voto secreto (de deputados da Arena) que impediu que o parlamentar do MDB fosse cassado em 1968 por "crime" de opinião pelo regime autoritário. (É o risco que se corre, se os Arenistas não gostavam do cheiro de onde tinham se metido que se bandeassem para o MDB. Continuo acreditando que o voto secreto é um refúgio onde covardes venais se escondem. E em 1968 tinha 5 anos, não sofro ainda de Alzheimer mas tá de sacanagem que eu ia lembrar disso)

Concordo inteiramente com o blogueiro em relação ao absurdo da sessão secreta, que em nada atine à forma de voto (você usa um tempo verbal de atinar, acertar ajuizar. Não entendi bem a relação. Se foi um erro de digitação e queria dizer atinge, discordo. O voto secreto E sessão secreta são recursos de incapazes de honrar as calças e saias que vestem). Esse dispositivo, que existe também nos tribunais, merece mesmo os adjetivos de bisonho e bizarro, assim como alguns blogs e blogueiros.(o mundo não é perfeito)

Finalmente, quanto à forma polida e elegante com que trata os comentaristas, inclusive os anônimos, retribuo. (Como eu sempre digo aqui, se não xingar a mãe e a minha inteligência, que é superior à minha atenção e ilustração, eu pondero na minha forma peculiar, caso contrário mando TNMDPDODC)

Renan Calheiros diz que se absteve em votação.

ahahahaahahahahahahahah

VTNC

Recebi esta missiva, a qual reproduzo na íntegra, para deleite de todos e exemplo do grande trabalho que realizamos por um de nossos irmãos:

"Prezado Mago

Venho por esta humilde carta agradecer a benção divina que recebi ontem. Graças ao ensinamento esotérico oportunista "é dando que se recebe" consegui me livrar das mentirosas acusações a que fui submetido. Gostaria de agradecer especialmente ao irmão Shi-Tiao-shi, tesoureiro da filial local da Hector Hereeye Foundation, que abriu o cofre para ajudar-me a conquistar essa magnífica vitória. Como bem sabe os meus antigos patrocinadores se omitiram e me deixaram na mão nesse momento tão crítico. Suas orações e orientações foram fundamentais. Irei praticar o grande ensinamento de perdoar o inimigo derrotado. Realmente bater em mortos não é elegante e não quero manchar meu curriculo com um ato tão vil.

Aproveito para deixar aqui meu compromisso ético, honesto e moral de retornar os recursos empregados nesse trabalho. Uma das fontes será um percentual significativo da arrecadação financeira a ser auferida pela vendagem da revista em que a mãe, de minha filha bastarda, aparece como o divino a colocou no mundo.

Saudações dialéticas.

Irmão Renan Calheiros
Presidente do Senado do Brasil"

O mago responde: Irmão Renan, fico satisfeito que minhas orientações tenham sido úteis. Tenho realizado esse trabalho ao redor do mundo com bastante êxito. Mas não esqueça dos irmãos Richard Nixon, Baby Doc, Shinzo Abe, Idi Amin Dada e outros que, utilizando-se de recursos de nossa fundação, faltaram com o compromisso de devolvê-los. Notei também seu apego aos ícones da religião cristã. Nossa Senhora da Conceição, São Judas Tadeu etc. Cuidado. Nem todos os ramos do divino nirvânico são complacentes. Saudações dicotômicas.


Aos irmãos e irmãs que aqui estão me lendo. Convoco a todos para ajudar na recuperação de nossos recursos. Em parceria com uma grande organização mundial lançamos o gel lubrificante KY em baldes de 3, 5, 10, 30 e 50 kilos. Disponíveis em todas as filiais brasileiras da HHF. Válido enquanto durar nossos estoques. Comprem já!



Imagem gentilmente cedida pelo irmão daviD.

quarta-feira, setembro 12, 2007

A venalidade do $enado é vexatória. Disso não temos dúvidas. O curioso foram alguns comentários que recebi. Um deles, feito pelo maluco-beleza Strix, lembrou um fato importante. A pocilga é nossa. Nós sustentamos aquele puteiro. Nós elegemos os repre$entante$ do povo. Nós pagamos o pato. E nós não sabemos aonde foram parar nossos votos.

Outro, de tão bizarro e bisonho foi completamente anônimo. Esse está publicado em um dos posts anteriores. Defendeu o voto secreto justificando que o voto aberto é instrumento de um poder executivo opressor e ditatorial. Não, anônimo, o voto aberto é um instrumento democrático. Eu elejo um desgraçado, que não deve saber quem é o pai, e quero saber se e onde ele tem o rabo preso. Justificar o voto secreto como democrático é o mesmo que dizer que o país se limita aos três poderes. Em uma democracia o poder deveria emanar do povo. No caso brasileiro temos que rever o conceito. Fazemos algo completamente diferente.

O terceiro é da famosa jandira, nome de guerra de algum petista. Apoia totalmente o Renan, o amigo do peito do Collor, o expoente do Partido Me Dei Bem. Ninguém é tolo de acreditar que a saída do Renan iria mudar alguma coisa. Não ia mesmo. O que acredito que estava em jogo era a perpetuidade do $enado. Com a absolvição do pulha enterra-se de vez a esperança que a pocilga tenha salvação. Um congre$$o e um $enado fracos só favorece aos interesses dos ditadores.

Enfim, esse tipo de atitude não é promiscuidade, é suruba da grossa. Um partido que se abraça com Sarney e sua camarilha não pode ser sério.

Viva a putaria, viva o Brasil. Fodam-se os brasileiros.

E devem estar cantando o hino nacional nesse momento. Cambada de vendidos. Ou de cagões de rabo preso.

Em tempo: Se ele sai entra o Sarney na presidência da casa maior da pocilga e um suplente conivente e ladrão. Se ele fica continua a mesma roubalheira. Então foda-se o Renan, mesmo. E a pocilga vai pagar pelo pecado de se omitir em um processo venal, promíscuo e obscuro.

VTNC.



A sessão será secreta. O voto é secreto. Só faltam cantar o hino nacional no fim dessa palhaçada.

Campanha idealizada por Marcus Mayer.

E como não podia deixar em branco...


Imagem descaradamente chupinhada do blog da Alcinéa.

terça-feira, setembro 11, 2007

Uma enquete aponta que 33 senadores votarão pela cassação do Renan Superbonder. Como o voto é secreto poderiam ser até os 81 a favor da cassação, quero ver é na hora H, do dia D.

Seguindo o exemplo nordestino, a prefeitura de Sapucaia do Sul, no Rio Grande, é alvo de investigação de superfaturamento na merenda escolar. Além de preços muito acima do mercado a qualidade dos alimentos utilizados é duvidosa. Isso nem é caso de polícia. É para execução sumária mesmo.

Milton zurra-nazzi, "presidente" da pANACa, além de fragilzinho é uma mula. Ainda não aprendeu o velho ditado chinês que diz que em boca fechada não entra mosca. Enquanto isso a ex-cupincha, aquela de estranho fetiche oral, entrou com uma operação TCR no STF.

E, como era de se esperar, a reação do governo do Rio, contra os infelizes atiradores do jacarezinho, foi enérgica. Gostaria muito de ver isso se um cidadão comum fosse alvejado.

E, por último, o Lula, com sua apurada visão geo-política, diz que o "probrema" dos títulos hipotecários americanos é dos americanos, e que eles deveriam se virar para resolverem sozinhos. Como se a montanha de dinheiro que temos em caixa, aquele colchão de US$ 161 bilhões, fosse capital produtivo, fruto de nossas espetaculares exportações e só nosso.

segunda-feira, setembro 10, 2007



São estes os ceguetas para-pânicos.

Parece que a incompetência, que campeia pelos corredores do planalto, atingiu também os bandidos favelados de classe baixa. 4 heróicos brados retumbantes, conhecidos como AK-47 ou equivalente, despejaram uma saraivada de balas sobre um trem, que levava a comitiva ministerial de inspeção pelas seguras linhas cariocas. Os inábeis atiradores estavam a 2 metros do trem e NÃO acertaram um único tiro. Carajo, eram atletas para-pânicos?

Se fosse um trem com crianças carentes, desnutridas e refugiadas, uma única bala teria matado umas 15 delas.

Deus tem um senso de humor muito do escroto.

Em tempo: Quando é o cidadão comum ninguém sabe ninguém viu, alguém duvida que os 4 serão presos rapidinho?

sexta-feira, setembro 07, 2007


Essa blogagem foi sugerida pelo Raphael Rap do Rapensando. Enquanto alguns ficam indignados com a rapinagem descontrolada do dinheiro público e a cara-de-pau absoluta dos "dirigente$" do Brasil, a grande maioria se enfurna numa estrada engarrafada até o telhado durante 24 horas, ida e volta, para queimar a bunda na praia lotada, nadar em cocô, reclamar da falta de água e do preço da cerveja.

Muito BRAVA essa GENTE BRASILEIRA.

VTNC.

quinta-feira, setembro 06, 2007

Ex-dePUTadO morre em visita à pocilga. Infelizmente morreu de infarto e não de uma doença contagiosa, de alta periculosidade, criada geneticamente para matar repre$entante$ do povo brasileiro.

Lula, em um dos seus contumazes arroubos incoerentes, disse que as pessoas deveriam ser tratadas igualmente e pediu julgamento igual para quem rouba "um bilhão" ou "um tostão". No entanto, defendeu o foro privilegiado para governadores e presidentes da República e questionou privilégios a diplomados.

Ora, nada mais justo. No país dos privilégios eu também quero ser inocentado igual a um ladrão de bilhões, caso caia em tentação e roube apenas alguns milhões. Mas por que não posso ter foro privilegiado? Por que não ter uma justissia específica para blogueiros esquizofrênicos? Tem culpa eu?

Um semi-analfabeto orgulhoso pode ter foro privilegiado caso desvie muita grana. Uma engenheira com pós-doutorado, que dá uns tapas na amante do marido, não.

Realmente o dicionário lulístico é bizarro.

Se Jack Bauer fosse gay ele se chamaria Chuck Norris.

Hoje é dia do grande mago esotérico oportunista Heitor Caolho aconselhar aqueles necessitados de ajuda tântrica nirvânica. Hoje temos várias sumidades brasileiras. Leiam, reflitam, comentem.

"Prezado Mago

Depois de muito penar na trilha esotérica oportunista e de me filiar à seccional da Hector Hereeye Foundation daqui da minha cidade, tenho seguido fielmente seus ensinamentos. Mesmo assim tenho sido alvo de picuinhas e maledicências. Acusam-me, injustamente, de não ter dinheiro para sustentar a amada filha que tive fora do casamento. Que esse dinheiro veio de um suposto esquema montado por um amigo benemérito, aquele que lhe apresentei outro dia. O ensinamento de que dinheiro sempre é bom e não tem rosto ainda é válido? Acusam-me também de manipular os bastidores da arrecadação do governo do meu país para favorecer um fabricante de cerveja. O segundo ensinamento que aprendi, no retiro promovido pela sua fundação, é “valorize seu vinho francês acima de qualquer coisa”. Não bebo cerveja, tem culpa eu? E por último, sou denunciado de ter participação em empresas da mídia do meu estado. Aprendi com os sábios locais que o importante é ter a penetração de mercado necessária para manter o fluxo financeiro constante e ininterrupto. Por que, pelo divino nirvânico, estou sendo castigado?

Ass: Presidente incoerente desesperado"

O mago responde: Prezado irmão incoerente, nossos ensinamentos preconizam a arrecadação incessante de recursos. Porém, como diz um antigo escrito hindo-teutônico, "os revoltosos se aprofundaram na corrupção; mas o divino castigará a todos eles". Significa que a liberalidade material está atrelada intimamente com a imaterialidade holística. A diversificação arrecadatória é bem vinda, o estudo legal para a redução dos impostos cobrados pelo edil local também. Mas se valer de influência anarco-política para favorecer caminhos obscuros é condenável. Após o processo, que tenho certeza sairá vencedor, retorne à seccional a qual se filiou e aprofunde seus ensinamentos, agora de forma correta. Desconheço a quem se referiu. Saudações.


"Mago, minha gracinha de mago

Depois que me separei consegui, a muito custo, voltar para os holofotes da mídia. Tenho sido vista e fotografada direto. Graças aos ensinamentos que aprendi sou outra mulher. Mas tenho um problema, sabe? Quando era casada e ele era tudo pra mim, tatuei "Eu amo o Belo" no meu escultural corpo. Agora, depois que ele voltou da prisão e nos separamos, tenho vergonha de aparecer com a tatuagem. Tem culpa eu?

Ass: Vedete deslumbrante desesperada"

O mago responde: Minha querida e deslumbrante irmã, você não tem culpa que os desígnios do destino tenham levado seu ex-amado à prisão. Lhe disse isso nas inúmeras sessões de tantrismo dialético que fizemos. Minha sugestão é que altere sua tatuagem, que é muito bonita por sinal, e fique assim: "Eu amo o Belo par de coxas que tenho", tem culpa eu? Saudações.



Ass: Raladeiro ralado desesperado

O mago responde: Caro Irmão Ralado, como trilheiro espiritual e mago esotérico irei, sem sombra de dúvidas, dissolver essa grande questão existencial: É possível que os testículos humanos arrebentem? Dialeticamente falando podemos afirmar que sim, podem. Afinal, é um tecido esponjoso subcutâneo e violáceo, logo tem sua resistência plasmática derivada de funções tangentes nirvânicas. A manipulação cármica dicotômica rítmica aliviaria em demasia esse sofrimento. Sugiro que inicie-se imediatamente na milenar prática do onanismo antes que seja tarde. Saudações.

quarta-feira, setembro 05, 2007

Sou alvo da sanha assassina e invejosa dos Jegues Vermelhos, leiam aqui.

Li esta madrugada, no site do Terra, uma nota absolutamente bizarra. Em tempos de aquecimento global, ao invés de relaxar e gozar, preocupe-se com o meio-ambiente na hora de dar umazinha. Tem até cartilha que reproduzo aqui com os devidos comentários:

Economize energia: Você pode incendiar a relação apagando as luzes, porque, como os ecologistas dizem, "todos temos que fazer nossa parte para deter a mudança climática, reduzindo o consumo de energia". (Aqueles seres humanos visuais, isto é, que se excitam admirando o corpo do parceiro(a) serão caçados por hordas ensandecidas de eco-chatos). Outra dica é diminuir a temperatura do aquecedor de ambiente, já que os corpos por si só geram calor suficiente (Se for insuficiente procure transar de roupas de inverno ecologicamente aprovadas, dá certo com os esquimós não dá?).

Jogos sem transgênicos: Se você gosta de utilizar frutas nos jogos amorosos tenha certeza de que elas estão livres de transgênicos. (Veja a embalagem!!! Geléias só as caseiras e o mesmo vale par calda de chocolate e leite condensado, procure as receitas nos sites especializados e faça você mesmo, mas tenha certeza que o insumo é natural).

Afrodisíacos permitidos: Evite o consumo de ostras e mariscos como afrodisíacos. Assim você deixa de contribuir para a destruição da riqueza marinha. Substitua-os por guaraná e o caju. (Ou seja, destruir plantações na busca por potência pode, comprar ostras e mariscos produzidos em cativeiro, não).

Lingerie orgânica: As organizações recomendam utilizar lingeries eróticas feitas de fibras de bambu, algodão ou linho, em vez de tecidos sintéticos. (Cuidado com farpas e se tiver o hábito de mastigar a lingerie, descarte-o)

Lubrificantes naturais: Também é possível evitar o uso de cremes fabricados a base de petróleo ou que contenham aromas, sabores e cores artificiais. Os ecologistas recomendam as alternativas orgânicas, como o azeite de oliva. (O uso de azeite de oliva extra-virgem não recosntitui o hímen. Mas o usuário poderá usufruir dos efeitos benéficos para o coração. Se está contigenciando despesas use também manteiga....)

Brinquedos sexuais de couro: A maioria dos brinquedinhos eróticos são fabricados de plásticos que contém ftalatos. Recomenda-se usar como alternativa produtos de metal, silicone ou plásticos duros, ou ainda por substâncias naturais como o látex, a cortiça ou couro. (Usar consolo feito de couro deve ser bizarro)

Banhos compartilhados: A única recomendação que presta.

Cama homologada: Sua cama deve ser feita de madeira com certificação ambiental, que assegura que a matéria-prima provém de uma reserva reflorestada de maneira ecológica. Com isso o Greenpeace afirma que você não irá contribuir para o aumento do desmatamento florestal. (Procure o selo do ISO 14000. Gaste uma fortuna adquirindo nas casas especializadas. Mas não fala nada sobre bancada de cozinha, mesas, sofás, poltronas e cadeiras. Eco-chatos são tão chatos que só transam na cama).

Update - 10:57

Como são tantas as recomendações estou lançando o selo ISO 14069. Os pedidos de consultoria, para internar essa metodologia de qualidade, podem ser encaminhadas por email.

terça-feira, setembro 04, 2007

Quem leu a capa da Carta Capital desta semana deparou-se com uma reportagem digna da capacidade imbecilóide do mínimo carta. Vou poupá-los do disabor e reproduzir, aqui, a chamada da capa como serviço de utilidade pública e sanitária, diz lá: "No processo do STF, o que está claro até agora é o uso desbragado e criminoso do caixa 2, velho hábito, jamais punido, da política brasileira".

O que se pode concluir é:

(a)Todos os políticos são ladrões e venais?
(b)"Sempre roubaram, por que não PT? Tem culpa eu?", comentou alto dirigente petista;
(c)"Não iríamos ser bestas de meter a mão nesse jabá", palavras de outro alto dirigente petista;
(d)Os políticos do PT não são melhores que os outros;
(e)Os criminosos não vão para a cadeia.

Essa postura de avestruz é patológica ou estou sendo paranóico?

O planalto irá gastar 41 % a mais no desfile do 7 de setembro. A razão é a decisão de ampliar a extensão das grades de isolamento, após o presidente Lula ter sido vaiado em eventos públicos recentes. Só se ampliarem para as fronteiras do DF.

A conferir.

segunda-feira, setembro 03, 2007


Só para exemplificar o que está acontecendo por aqui. A imagem é de um "empreendimento" na praia do Cacupé, o parque dos Aracuãs, e, ao fundo, é um manguezal, o mesmo que está envolvido no caso do Floripa Shopping (que é localizado no outro extremo desta imagem). Os moradores do bairro protestaram, mas ficou por isso mesmo.

Essa foto faz parte do segundo lote que enviei para a vereadora Angela Albino, do PCdoB. Resposta? Nenhuma.

O Pulga teve a idéia do queimando o filme e achei ótima.

domingo, setembro 02, 2007

Coppola andou pela ilha da magia procurando locais para comprar. Pretende construir um resort de 30 mil metros quadrados. A preferência é por locais selvagens e, de acordo com as sábias, tranquilizadoras e proféticas palavras da corretora que o atendeu, "ele é apaixonado pela natureza e acredito que a última coisa que ele pretende fazer é estragar as belezas naturais". (fonte DC Online).

A ilha está tomada por empreendimentos nababescos, invasivos e destruidores. Alguns ilegais, se não todos, como foi levantado na Green Coin Operation da PF. Os poucos locais que sobraram, considerados selvagens, são encostas de morro densamente arborizadas. Como é que vai contruir um resort sem destruir tudo? Tá legal que ele é cineasta, mas nem o Spilberg conseguiria esse efeito especial.

Enquanto isso, por onde andam os indiciados?

sábado, setembro 01, 2007

Há tempos venho matutando que não é possível que José Dirceu, José Genoíno e Aloísio Mercadante sejam subservientes ao Lula. Não consigo imaginar um sujeito tão limitado mandando neles. Uma marionete talvez de alguém, ou alguéns, que vê, nesse caso do julgamento dos mensaleiros, uma oportunidade de se livrar dos cordéis. O discurso TCR "Não sabia, Não sabemos", que fez hoje no congresso do PT, é quase uma certeza disso.

A conferir.

O PT, em seu congresso, irá debater temas de importante relevância para o Brasil. Entre elas a reforma política onde o $enado seria objeto de extinção. Fala também em rever o financiamento privado para campanhas e a fidelidade partidária.

A pocilga vem se esforçando, ao longo dos últimos anos, em queimar seu filme. O que assistimos ao vivo é indecente. E eles não estão nem aí. Considerando tudo isso, é fácil se concluir que mais 81 repre$entante$, nos roubando, é absolutamente desnecessário. Olha a economia.

É claro que o PT quer revisar o financiamento privado, o que eles querem é o financiamento público. E fodam-se os contribuintes.

A fidelidade partidária é uma piada. Objeto recente de votação ficou mais ou menos assim: Você se casa, fica um tempo ali declarando amor eterno mas enquanto isso pula a cerca despudoradamente, um belo dia é pego no flagra com a mulher do vizinho (ou com o próprio, depende da orientação sexual), jura que não é nada daquilo que estão pensando e fica por isso mesmo. A única forma de fidelidade partidária que conheço é o cara se eleger e ficar até o final do mandato. Não gostou, ao final, saia e se filie a outro partido. E pague uma multa rachada entre cada eleitor que votou nele.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics