quinta-feira, outubro 11, 2007

O apetite social do (des)governo é fantástico. As famílias que retirarem seus filhos da FEBEM terão um arrego de R$ 1.500,00 por cabeça. Um dos principais objetivos é reduzir o ritmo de encarceramento de adolescentes infratores. O que entendi é o seguinte: O menor bandido poderá ficar solto se for provado que foi levado ao crime por causa da pobreza. Foi o que entendi. Quero ver é a contra-partida que as famílias deverão apresentar.

Por falar em pobreza. Uma desgraçada, me desculpem mas não tenho palavra pior para usar, pariu seu 18º filho. O pai é um amiguinho de uma de suas filhas e tem 15 anos. Ela 40. Desempregada, possivelmente retardada. E a vaca ainda posa rindo. VTNC.

E o renan, sempre ele, está sendo impelido para o abismo, mas $enadore$ amigo$ articulam um baita colchão para amparar a queda. O cara realmente acha que ele é o $enado e não apenas seu pre$idente.

E, putaqueospariu, começaram os testes do sofá para definir o "elenco" do filme, que é baseado no manual profissionalizante "escrito" pela Bruna Putistinha. Vale lembrar que esta película pornô amealhou quase R$ 4 milhões de incentivos fiscais pela lei rouanet. Não deve ser difícil arrumar uma puta para representar outra, nem quem apareça apenas bombando. "Espero encontrar uma atriz que traduza a complexidade psicológica da personagem", afirmou o diretor Marcus Baldini. Esse cara deve estar de sacanagem.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics