domingo, outubro 07, 2007

Uma mulher séria. A ex-amante e mãe da filha bastarda de renan cowlheiros afirmou, em recente entrevista, que "jamais teria iniciado um relacionamento se soubesse que ele estava casado". Supostamente o $enador usou o velho caô de que estava separado. Mas se ela descobriu depois por que não deu um pé na bunda dele? Muito séria mesmo.

Por falar em renan. Afinal são 4 ou 5 os inquéritos?

O cabeludo $enador que defendeu renan, veementemente e de quem não recordo o nome, também está enrolado até o pescoço com supostos desvios de dinheiro. Aposto que, caso o estranho paraquedista vá para o paredão, ele será incinerado, em nome de uma suposta ética, com apoio de quem defendeu.

Matéria interessante no Aparte. Apresenta as relações da pocilga com a sociedade que representa. No caso em questão representam muito bem, mesmo. Leiam aqui. (Update: Um alerta da Paula Cavalcanti, a querida Paps, me fez corrigir o link para a nota lida. O original é do blog O Biscoito Fino e a Massa. Obrigado Paps).

E como esse é um país sério: "Imagem de político na novela preocupa parlamentares". Ainda rola a polêmica sobre a cena no capítulo final de uma novela, onde a maneira de agir da pocilga é criticada. É interessante notar quem ficou indignado e quem achou que o autor da referida novela pegou leve. Será que esses filhos da puta não tem espelho em casa?

Devaneio: Será que renan não larga o osso por que tem certeza que cassarão Lula e seu vice e, então, ele seria o presidente da república?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics