domingo, outubro 28, 2007

Update - 28/10/2007 - 21:48

Para quem se indignou com a nota abaixo. O Walter Carrilho, nosso candidato engajado que é do carralho, divulgou uma petição on-line para boicotarem o Habacuc. Então meus amigos e leitores assinem aqui e mandem o Habacuc tomar no cuc.

--------------------------------------------

Recebi um email da blogueira, ex-blogueira e blogueira novamente, a Ana Roberta. Nele ela conta a estória de uma "obra de arte" de um costariquenho conhecido como Guillermo Vargas Habacuc. Resumindo, a obra era uma frase na parede ( "eres lo que lees") cujas letras eram formadas por bonzo, papita champion ou algo que o valha, acompanhado pelo som do hino sandinista tocado ao contrário. Isso já seria mais do que a comprovação que não se sabe o que é arte nesse mundo.

Mas a suprema sacanagem é que logo adiante, os visitantes eram surpreendidos pela seção mais polêmica da instalação de Habacuc: um cachorro enfermo. Segundo o "artista", sua obra representava uma homenagem a Natividad Canda, um nicaraguense morto recentemente devido a um ataque feito por dois cães rottweiler. O cão não recebeu nenhum auxílio veterinário, não foi alimentado e, apesar dos pedidos de vários freqüentadores da exposição para que fosse desamarrado, permaneceu amarrado até o dia seguinte à inauguração da instalação, quando morreu de fome diante dos olhares dos espectadores. Eu não gosto de pets e acho cães vadios uma praga mas isso é uma crueldade.

Fica aqui o registro e meu comentário: Habacuc, vai tomar no cuc.

-------------

E como Jus Indignatus também é cultura......



Porque cinema francês é coisa de viado.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics