sexta-feira, agosto 17, 2007



Tem certas coisas que só devem acontecer no Brasil. Cai um avião com 200 pessoas, o governo fez merda na pista, a Airbus fez um manual de bosta, a companhia aérea fez um lixo de manutenção, o piloto faz barbeiragem, a ANAC não fiscalizou o que deveria, o assessor do governo fez top top para os envolvidos, a ministra manda o povo relaxar e gozar, o presidente diz que não sabia que a aviação tava fodida, e quem foi preso? O dono do puteiro. (parágrafo descaradamente chupinhado do Hank)

Esse país é uma zona. Nada é o que parece. Tudo que acontece na vida política desse país é suspeito. Escândalos se sucedem e nada é feito. O caso Renangate por exemplo, um possível relator é amigo íntimo do suspeito. Na maior cara de pau diz que não vê nada demais em ser o acusador, e anuncia que vai arquivar e que se dane.

No afã de manter o fluxo dos R$ 38 bilhões da CPMF, para objetivos obscuros e impublicáveis, criam o maior trem da alegria da história do Brasil. Quase 300 MIL funcionários públicos, sem concurso, vão entrar pela janela. E sabemos que funcionário público sem concurso é o exemplo mais escancarado de apadrinhamento político. Se querem prorrogar esta bosta de imposto por que não jogam para as "calendas gregas"? Por que até 2011? Enfim, afagam os possíveis opositores e gente que se dane.

E esse ícone da democracia, o apedêutico Lula, o orgulho do ensino pré-escolar, debocha das vaias que recebe. Os que o aplaudiam, jovens como os que vaiavam, eram capazes e preparados. Retarados mentecaptos isso sim. E comparar um programa de cabrest com bolsas de mestrado só poderia sair da boca invejosa do Lula. (tudo bem que muito dos que estão em bolsas de estudo são uns mamadores filhos da puta). Pratica o que é de pior em condução política de um país e a gente que se foda.

Infelizmente a mudança desse estado de coisas depende de uma classe absolutamente venal, debochada e cínica. Uns verdadeiros representantes do que há de pior no ser humano. Não tenho a solução, mas irei protestar todos os dias, para sempre.

Este texto faz parte da blogagem coletiva promovida e organizada pela Veridiana.

Em tempo: Aproveito para lançar a campanha: "Eu quero outro político pra sacanear". Sugestões de banners são benvindas.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics