segunda-feira, agosto 06, 2007

O novo presidente da Infraerro admite desconhecer estatal. Bastante coerente esse impávido governo. O presidente do Brasil não sabe de nada, então faz sentido colocar alguém que não conheça o setor para gerir o caos aéreo.

Por falar nisso, o novo presidente da Infraerro é o mesmo que conseguiu levar o orçamento, destinado a mandar feijões ao espaço, para o espaço. Sem contar que o foguete disparado na sua gestão, recentemente, perdeu a carga. Novamente coerente a escolha. Vai presidir uma "empresa" que superfatura aeroportos ou os constrói no meio do nada e gerir uma administração que já perdeu mais de 300 vidas.

E, por último, bens pessoais de vítimas do acidente da Gol foram surrupiados. A aeronáutica admite que 'pessoas estranhas' estiveram no local do acidente. Deve estar se referindo ao saci-pererê, ao caipora, ao boitatá ou a mula-sem-cabeça. Gente estranha na floresta amazônica, no meio do nada? Faz favor né brigadeiro?

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics