domingo, julho 01, 2007

Um levantamento detalhado dos efeitos da indicação "blogs que me deixam puto" deixou, em primeiríssimo lugar, o blog do Reinaldo Azevedo, carinhosamente, ou babadamente, apelidado de tio Rei. Como esse blog é democrático e espaçoso fui convidado, pelo Serjão, para apontar as razões pela qual não gosto do tio. Pelo lado dele irá apresentar as razões pela qual ele o adora (eheheheeh).

Tudo começou com a primeira foto que vi dele, não me lembro onde, em que aparecia com o bonezinho mais brega que já vi. Apesar da antipatia inicial continuei com a tarefa de lê-lo. Sim, o cara escreve bem, é inteligente para caralho e ataca como uma cascavel. Mas passa uma imagem de caga-regra da qual não gosto. Apesar da aparência de metido (né Madrasta rs) não sou dono da verdade e sou sensível à opiniões contrárias, desde que consistentes. Aparentemente não é o que se dá com ele. Não entendi bem qual a relação entre ele e Olavo de Carvalho, outro que não suporto. Mas parecem ser bons amigos, mais um ponto negativo. Como diz o grande mago esotérico oportunista Heitor Caolho: "Diga-me com quem andas e te direi quem és, pequeno gafanhoto". Apesar de inteligente, atacar esse (des)governo não é mérito nenhum. Até eu faço isso.

O que me chamou a atenção também, exemplificando a arrogância, é a posição dele em relação ao uso de embriões (e, por favor, não me venham aqui me chamar de Hitler pois não irão gostar da resposta). Li uma entrevista onde, ao invés de apresentar argumentos consistentes contra, enveredou-se em nebulosas questões "morais" religiosas e saiu-se pela tangente. Quando uma pessoa faz sucesso numa área cai na perigosa tentação de ser o farol definitivo no que não entende. Eu dou meus pitacos no que não domino mas pelo menos uso o Google para conhecer o assunto antes de falar merda. Mais um ponto negativo.

E pelo pouco que li, quando no início da minha vida de blogueiro visitava o tio rei, ele não tem muita consideração pelos seus visitantes. Que o tratam como Deus. Não entendo a mania que o ser humano tem de aparecer na mídia, mesmo que para isso tenha que babar o ovo de alguém e publicar comentários nada a ver. Bom, isso é problema do público dele.

Repito. O cara é inteligente, escreve bem e ataca como uma cascavel. Mas isso não o faz o dono da verdade.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics