sexta-feira, julho 27, 2007

Depois de quase 10 meses alguém se tocou que os direitos dos consumidores, dos serviço de transportes aéreos, não está sendo respeitado. O SDE, a pedido do ministro Tarso Genro, está investigando. Baseou-se na omissão da pANACa no assunto. Na televisão há exemplos bem didáticos do descaso das companhias com os passageiros. Nosso amigo do JCF levou 4 dias a mais na sua viagem. Quem pagou essa despesa extra?

Tenho visto que os passageiros são praticamente obrigados a dormir no aeroporto com medo de perder o vôo. Ora, a companhia tem a obrigação de remarcar, hospedar e pagar as despesas com alimentação e traslados. Se ela não faz, e joga a responsabilidade no colo do passageiro e lava as mãos, obrigando-o a permanecer no aeroporto, não seria uma espécie de cárcere privado?

Será essa ação uma percepção, finalmente, de que os direitos dos consumidores tem que ser respeitados, e as despesas de hotel e diárias sejam pagas pela empresa a não do bolso do usuário, ou apenas uma queda de braço entre Tarso e Dilma? Qualquer que seja o motivo, se resultar na saída do incompetente e fragilzinho "presidente" (quem viu o depoimento do zurra-nazzi na CPI sabe do que eu estou falando) daquele cabide de emprego que é a pANACa já é um grande passo. E que ele leve a diretoria junto.

-------------------

Por falar em cozinhar, hoje tem coluna gastrônomica lá no blog da Renata. Não deixem de conferir.

Participem e divulguem a blogagem do dia 2.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics