sexta-feira, junho 15, 2007

Update - 15/06/2007 - 17:11

Menos de 24 horas depois, a justissia paulista já liberou cerca de 1.000 pessoas presas durante a Operação Strike, realizada ontem. "O ritmo de soltura está baixo pois temos que pedir desculpas a cada um deles, pagar as despesas de traslado para suas cidades de origem e depositar a indenização por danos morais nas respctivas contas", revelou uma importante fonte da magistratura estadual. "Mas estamos convocando juízes e promotores de todo o Brasil para aumentar o ritmo dos trabalhos. Solicitamos a colaboração do cidadão contribuinte para que esses injustiçados sejam soltos", completa.

Quem quiser colaborar, com essa empreitada patriótica, procure a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

(só não ganho na mega-sena)

----------------------------------------------------

Polícia prende 1.933 pessoas em oito horas em SP. Justissia paulista solta 2.319 em 10.

"Isso é um absurdo", disse um importante magistrado regional. "Onde já se viu prender tanta gente assim?", completou. "Com as altas taxas de juros praticadas nesse país fomos obrigados a inflacionar a soltura abusivamente", esbravejou um luminar do ministério da justissia.

A conferir.

Copyright 2010 Jus Indignatus por Ricardo Rayol*template e layout layla*
Clicky Web Analytics